Saúde Aspartame, adoçante usado em refrigerantes, pode ser classificado como cancerígeno pela ONU 

Aspartame, adoçante usado em refrigerantes, pode ser classificado como cancerígeno pela ONU 

A conclusão sobre o aspartame é da IARC, vinculada à OMS, e deverá ser anunciada em julho

A Organização Mundial da Saúde pode classificar o aspartame, adoçante artificial usado em refrigerantes, como potencialmente cancerígeno. A conclusão sobre o aspartame é da IARC – Agência Internacional de Pesquisa sobre o Câncer – instituição ligada à OMS. O anúncio deverá ser feito em julho, mas foi antecipado por uma agência de notícias.

Últimas