Novo Coronavírus

Saúde Vietnã detecta variante híbrida do coronavírus causador da covid

Vietnã detecta variante híbrida do coronavírus causador da covid

Segundo governo local, código genético do vírus tem mutações encontradas nas cepas da Índia e do Reino Unido

  • Saúde | Da EFE

Governo ressaltou que mutações tornam variante mais infecciosa e resistente

Governo ressaltou que mutações tornam variante mais infecciosa e resistente

Reprodução/NIAID

O ministro da Saúde do Vietnã, Nguyen Thanh Long, anunciou neste sábado (29) que detectou no país uma nova variante do coronavírus causador da covid-19 que mistura mutações da Índia e do Reino Unido, informa a imprensa local. 

“Mais especificamente, é a variante indiana com mutações que originalmente pertencem à variante britânica”, disse o ministro em declarações coletadas pelo site oficial VnExpress.

A nova variante foi descoberta ao investigar a sequência do genoma do vírus em algum novo infectado na nação indochinesa, destacou o ministro, lembrando que poderia ser mais infecciosa e resistente do que as variantes anteriores.

O Vietnã registrou sua pior onda de infecções nas últimas semanas, atingindo números recordes em casos diários, o que preocupa as autoridades, que até agora conseguiram conter a disseminação do vírus com grande sucesso.

Desde que a quarta onda foi desencadeada, em 27 de abril, o Vietnã registrou cerca de 3.600 infecções na comunidade, de um total de 6.396 desde o início da pandemia, que causou 47 mortes no total.

O sucesso do Vietnã em conter a disseminação do vírus não foi replicado na campanha de vacinação, que está progredindo lentamente e até agora apenas pouco mais de 1 milhão de vietnamitas foram inoculados com o fármaco em uma população de 96 milhões.

Com seu sigilo de costume, o regime comunista de Hanói se limitou a apontar os problemas de abastecimento do mercado internacional para justificar a lentidão na compra de vacinas.

Últimas