Voce e o Doutor Você e o Doutor: Entenda por que a dieta mediterrânea funciona

Você e o Doutor: Entenda por que a dieta mediterrânea funciona

Um conjunto de fatores na alimentação, que inclui carnes magras, azeite e vinho, ajuda o colesterol bom a combater o ruim

A dieta mediterrânea, utilizada pela população do Sul da Espanha, França, Grécia e Itália, está associada a uma vida longa e saudável. Mas qual o segredo dessa dieta? Por que ela nunca sai de moda?

Neste episódio, o médico Antonio Sproesser explica por que ela funciona e quais são suas bases. "Trata-se de uma cojunção de fatores que faz com que as pessoas vivam bem e por um longo período", afirma. 

Rica em vegetais, carnes magras, vinho tinto e azeite de oliva, a dieta mediterrânea baseia-se no consumo da chamada gordura boa para combater a gordura ruim, segundo o médico. 

"A carne vermelha é consumida apenas uma vez por semana e sempre se deve optar por carnes magras, como patinho e contra filé. E dar preferência a peixes de águas profundas, que são ricos em Ômegra 3", explica. "A gordura do peixe de água profunda aumenta o colesterol bom, que limpa o sangue, não deixando a gordura ruim se depositar nos vasos", complementa. 

Sproesser ainda esclarece por que o vinho tem que ser tinto, por que a farinha branca não é bem-vinda e a importância de uma vida ativa aliada a esta dieta.

Ouça o podcast: 

Últimas