2015 será o ano mais quente desde 1880 

Temperaturas já bateram recordes nos primeiros 8 meses

2015 será o ano mais quente desde 1880 

Aumento da temperatura global está gerando secas e afetando a produção de alimentos

Aumento da temperatura global está gerando secas e afetando a produção de alimentos

Reuters

O ano de 2015 será, com 97% de certeza, o mais quente registrado desde 1880.

Segundo a Administração Atmosférica e Oceânica Nacional dos Estados Unidos (Noaa), o mês passado registrou as temperaturas mais altas para agosto desde que há dados disponíveis, recorde também alcançado nos primeiros oito meses do ano.

Em agosto, os termômetros mundiais registraram 0,88 grau centígrado a mais do que a média do século 20. Até agora, seis de oito meses de 2015 bateram recordes de temperatura, com exceção de janeiro e abril.

Aquecimento dos oceanos derrete uma das maiores geleiras da Antártida

Luta contra aquecimento global é viável, mas é preciso cortar emissões a zero até 2100, diz ONU

Nos continentes, os números subiram em média 1,14 grau, com a onda de calor tendo afetado grande parte da América do Sul, da Europa, da África, do Oriente Médio e da Ásia.

Já a temperatura na superfície dos oceanos teve um aumento de 0,78 grau. No período entre janeiro e agosto, o crescimento em comparação com a média do século passado foi de 0,84 graus.

Seca afeta a saúde emocional e desafia sociedade a usar a água de forma sustentável, afirma especialista dos EUA

Falta de água e transmissão de doenças raras: conheça cinco consequências obscuras do aquecimento global

Conheça o R7 Play e assista a todos os programas da Record na íntegra!