Tecnologia e Ciência Aplicativo disponibiliza mais de 600 aulas em diversas áreas a partir de R$3,99 por semana

Aplicativo disponibiliza mais de 600 aulas em diversas áreas a partir de R$3,99 por semana

Plataforma ajuda quem deseja se especializar

Aplicativo disponibiliza mais de 600 aulas em diversas áreas a partir de R$3,99 por semana

A modalidade de ensino mobile learning tem crescido no Brasil e já é uma alternativa de capacitação para quem, por exemplo, não tem como frequentar presencialmente uma instituição, seja por falta de tempo ou condições financeiras. Tudo é feito via aplicativo, de forma simplificada e fácil de usar. Com conteúdo de qualidade e, principalmente, baixo custo, o mobile learning tem sido a opção de muitos brasileiros. Inclusive, em março deste ano, o IBGE divulgou uma pesquisa apontando que mais de 40 milhões de brasileiros gostariam de fazer cursos de qualificação profissional, mas apenas 3,4 milhões frequentaram algum curso em 2014.

Outros dados da FGV e do Futuro Digital em Foco Brasil reforçam a tese de que a educação via dispositivos móveis já pode ser considerada uma forte tendência. De acordo com pesquisas feitas pelas instituições, 151,5 milhões de brasileiros tinham smartphone em 2015, sendo que 9,7 horas mensais são gastas pelos brasileiros nos celulares e 35% mexem no smartphone a cada dez minutos.

Desde outubro do ano passado, os brasileiros contam com uma ferramenta para adquirir conhecimento, a qualquer hora e em qualquer lugar, determinando o seu ritmo de estudo. Trata-se do aplicativo Qualifica Cursos, um projeto desenvolvido pela mLearn e que conta com a tecnologia Zenvia, companhia brasileira que viabiliza a comunicação entre empresas e consumidores por meio de seus dispositivos móveis.

Para Ricardo Drummond, CEO da mLearn, projetos de mobile learning como o Qualifica são grandes propulsores do conhecimento e da democratização do saber.

— As plataformas m-learning estão contribuindo para que os usuários aprendam o que desejam de modo mais rápido, em qualquer lugar e a qualquer hora; por exemplo, dentro do ônibus, aproveitando melhor o tempo de deslocamento de casa para o trabalho, adquirindo conhecimento.

O aplicativo Qualifica funciona como um sistema complementar voltado para pessoas que estão iniciando a vida profissional, para quem deseja se aperfeiçoar em determinada área ou para quem simplesmente deseja aprender como tirar fotos incríveis com seu smartphone. Com mais de 600 aulas disponíveis e planos acessíveis (R$ 3,99 semanal / R$ 9,99 mensal), o Qualifica disponibiliza cursos diversos para seus usuários: Preparatório para o Enem, Inglês, Colocação no Mercado de Trabalho, Empreendedorismo, Controle seu Dinheiro, entre outras opções.

Para fazer os cursos do Qualifica os alunos não precisam sequer ter um cartão de crédito. Pois, o aplicativo cobra por meio de tarifação pelas contas das operadoras de telefonia móvel (Claro, Oi e Vivo). "Nosso modelo de negócios viabiliza a assinatura dos serviços sem um cartão de crédito e garante preços baixos, uma vez que a parceria com as operadoras oferece escala para a operação do serviço", destaca Drummond.

O aplicativo possui diversas funcionalidades: cursos, provas, certificados, exercícios, socialização, notícias, entre outras. O aluno não precisa estar online para acessar os conteúdos. Basta fazer download das lições, estudar e se qualificar. Um dos diferenciais é que o Qualifica é integrado com as redes sociais e o aluno participa de um jogo onde tudo o que ele faz é avaliado e pontuado, a medida que ele estuda ganha pontos, medalhas e vai mudando de nível. "A vantagem é que com todos estes elementos de gamification, temos um maior engajamento dos alunos e, consequentemente, maior aprendizado", conclui Drummond.

    Access log