Tecnologia e Ciência Brasil tem cidades com rede móvel mais rápida da América Latina

Brasil tem cidades com rede móvel mais rápida da América Latina

Cinco dos seis principais municípios do ranking do Download Speed Experience estão no Brasil, segundo levantamento da Opensignal

Internet Móvel

Porto Alegre e Brasília têm redes móveis mais rápidas

Porto Alegre e Brasília têm redes móveis mais rápidas

Pexels

As cidades brasileiras têm a internet móvel mais rápida da América Latina, segundo levantamento da Opensignal, que examinou as velocidades de download e upload em 25 das maiores cidades da América do Sul para ver como elas se comparam.

Na velocidade de download, cinco das seis principais cidades do ranking do Download Speed Experience são brasileiras. Porto Alegre e Brasília, juntamente com Trujillo, no Peru, foram as únicas cidades nas quais nossos usuários tiveram velocidade média de download de 16 Mbps ou superior e ficaram na ponta do ranking.

Apesar de aparecerem no topo da lista, a análise com todas as cidades do Brasil aponta diferenças regionais significativas, com os municípios com internet mais rápida localizados nas regiões Sul e Sudeste do país, onde se concentra o maior poder político, industrial e econômico.

Cidades do Nordeste, como Fortaleza e Recife, chegaram perto da parte inferior das classificações, indicando que as operadoras devem considerar aumentar seus investimentos para melhorar a experiência de rede móvel dos usuários. As metrópoles do Norte e Nordeste do Brasil, no entanto, ainda eram consideravelmente mais rápidas que as classificações mais baixas do continente.

Apenas três das 25 cidades analisadas falharam em fornecer aos usuários velocidades médias de download maiores que 12 Mbps. Bogotá, na Colômbia, foi a mais próxima, com uma pontuação de velocidade de download de 10,6 Mbps.

Por outro lado, Caracas e Maracaibo, da Venezuela, ocupavam os dois últimos lugares da lista, com velocidades gerais médias de download de 5,8 Mbps e 3 Mbps, respectivamente. A Venezuela ainda depende muito de serviços 3G, já que as redes 4G ainda não estão prontamente disponíveis, mesmo nas áreas urbanas. Isso reduz significativamente a experiência de velocidade de download das cidades.

Uploads

Mesmo com as velocidades de download mais rápidas, as cidades brasileiras não são igualmente poderosas nos uploads. De acordo com o Upload Speed Experience, os líderes em nossa análise representaram uma grande seção da América do Sul urbana.

Lima, no Peru, ocupava a primeira posição, com 7,2 Mbps, superando apenas a pontuação de 7 Mbps de Santiago, no Chile. Das oito cidades em nossa análise, com velocidades gerais médias de upload de 6,5 Mbps ou mais, Peru e Brasil tiveram duas, enquanto Argentina, Bolívia, Chile e Colômbia tiveram uma cada.