Facebook
Tecnologia e Ciência Dados vazados do Facebook podem ter sido acessados da Rússia

Dados vazados do Facebook podem ter sido acessados da Rússia

Orgão de proteção de dados do Reino Unido investiga quais países conseguiram obter as informações de 87 milhões de perfis da rede social

Vazamento de dados do Facebook

Rússia e outros países podem ter acessado informações vazadas do Facebook

Rússia e outros países podem ter acessado informações vazadas do Facebook

Regis Duvignau/Reuters - 01.02.2017.

O Escritório do Comissariado da Informação, órgão regulador que atua na proteção de dados do Reino Unido investiga o vazamento de dados de 87 milhões de perfis do Facebook. De acordo com informações publicadas pela CNN, as autoridades britânicas encontraram evidências as informações obtidas a partir da Rede Social foram acessadas a partir da Rússia.

Investiga-se também o uso dessas informações para beneficiar a campanha presidencial de Donald Trump. A coleta irregular de dados pela Cambridge Analytica teria sido usada para direcionar post nas redes sociais com propagandas do candidato republicano.

"Nós queremos saber quem eram essas pessoas, qual acesso elas tinham e se elas eram capazes de usar esses dados como quisessem", disse Damian Collins, membro do Parlamento Britânico, à CNN.

O vazamento de dados pessoais de milhões de usuários, inclusive de 443 mil brasileiros, aconteceu a partir do uso de um aplicativo que usou uma brecha nos termos de uso para acessar os perfis e também os amigos vinculados à conta.

O escândalo fez autoridades dos EUA e da Europa convocarem Mark Zuckerberg para prestar esclarecimento a atuação de sua empresa. O empresário afirmar que os aplicativos irregulares serão deletados da plataforma e que os termos de uso foram corrigidos. 

Veja também:

Conheça 7 patentes assustadoras que o Facebook já registrou