Tecnologia e Ciência EUA querem reduzir riscos de drones importados serem espiões

EUA querem reduzir riscos de drones importados serem espiões

Política de compra do equipamento pelo  governo está sendo revisada para diminuir ameaças de segurança e proteger a privacidade das pessoas

Reuters - Tecnologia
EUA suspeira que drones estão sendo usados para espionagem internacional

EUA suspeira que drones estão sendo usados para espionagem internacional

Richard Heathcote/Reuters - 19.09.2019

O Departamento de Justiça dos Estados Unidos afirmou na quinta-feira (8) que está revisando a política de compra de drones, dizendo que as pessoas que usarem recursos do departamento para comprar ou operar drones produzidos fora dos EUA precisam mitigar riscos de segurança e proteger a privacidade das pessoas.

"Estamos assumindo uma postura séria sobre as preocupações para uso de drones produzidos no exterior e o correlacionado comprometimento de dados", disse o vice-procurador geral Jeffrey Rosen em comunicado, sem citar nomes.

Drones do Google entregam livros para crianças nos EUA

O governo Donald Trump está levantando preocupações sobre a possibilidade de drones usados por agências governamentais do país estarem sendo comprometidos por espionagem da China.

A maior fabricante de drones do mundo, a chinesa DJI Technology, afirmou em janeiro que há falta de evidência fundamentada que apoie uma restrição ampla baseada em países.

Relatora da ONU defende regulamentação de drones militares

Em agosto, o Pentágono anunciou que as agências federais dos EUA podem comprar drones de cinco companhias: Altavian, Parrot, Skydio, Teal e Vantage Robotics.

Últimas