Tecnologia e Ciência Facebook compra empresa de realidade virtual por R$ 4,6 bilhões

Facebook compra empresa de realidade virtual por R$ 4,6 bilhões

Desenvolvedores ficaram animados e surpresos com o futuro do equipamento Oculus Rift

Óculos pode vir a ser utilizado em jogos do Facebook

Óculos pode vir a ser utilizado em jogos do Facebook

Reprodução/oculusvr.com

A compra anunciada nesta terça-feira (25) da Oculus VR pelo Facebook por U$ 2 bilhões (cerca de R$ 4,6 bilhões) é uma surpresa que muda a realidade virtual de varejo, segundo desenvolvedores. As informações são do site de notícias Polygun.

A empresa é a criadora do óculos de realidade virtual Oculus Rift.

Para o criador do jogo do gênero Sounself, Robin Arnot, o interesse do Facebook por uma empresa de uma área diferente é estranho.

— Não são duas coisas que você espera colocar no mesmo pote. Alguém acha que essas duas coisas são, e pensa isso com força suficiente para gastar US$ 2 bilhões.

Tecnoblog: testamos o Oculus Rift

Arnot também questiona se o equipamento pode vir a ser usado em jogos no Facebook futuramente.

Para o desenvolvedor Dejobaan Lambe, o negócio é interessante mesmo sem se saber ainda a intenção por parte da rede social com a compra.

— Tudo o que aconteceu nas últimas semanas, a partir do anúncio da Sony (do projeto Morpheus), me deixa empolgado.

Já Sergio Hidalgo, que está desenvolvendo o game Dreadhalls que utilizará o futuro óculos do Playstation 4, vê na compra a possibilidade de mais recursos para investimento no Oculus Rift.

Ele também aposta no uso do equipamento em jogos.

— Com um olho na enorme quantidade de usuários do Facebook e da potencial virilidade da plataforma, (a possível) integração total do Facebook (com o equipamento) é uma maneira de tornar a esperiência com o Oculus relevante.

Seja bombardead@ de boas notícias. R7 Torpedos

Moda, esportes, política, TV: as notícias mais quentes do dia

Últimas