Eleições 2018
Tecnologia e Ciência Facebook e Google assinam acordo com TSE contra 'fake news'

Facebook e Google assinam acordo com TSE contra 'fake news'

As empresas se comprometeram "a combater a desinformação gerada por terceiros" a partir das próxima campanha eleitoral

Rede social assume compromisso de combater "fake news" na próxima eleição

Rede social assume compromisso de combater "fake news" na próxima eleição

Pixabay

O Facebook e o Google assinaram nesta quinta-feira, 28, um acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) contra a disseminação de notícias falsas ("fake news") na próxima campanha eleitoral. O memorando de entendimento, obtido pelo Broadcast Político, , serviço de notícias em tempo real do Grupo Estado, prevê que as empresas se comprometerão, em consonância com as normas internacionais de direitos humanos e boas práticas da indústria, "a combater a desinformação gerada por terceiros".

O texto também prevê que Facebook e Google apoiarão "a prevenção de práticas maliciosas de desinformação, projetos de fomento à educação digital e iniciativas que promovam o jornalismo de qualidade". A formalização do memorando de entendimento foi antecipada pela Coluna do Estadão, do jornal O Estado de S. Paulo.

O presidente do TSE, ministro Luiz Fux, participou nesta manhã de solenidade no TSE para assinar o memorando com as plataformas digitais. A iniciativa é similar a um acordo de colaboração acertado no início deste mês entre a Corte Eleitoral e dez partidos políticos para a "manutenção de um ambiente eleitoral imune de disseminação de notícias falsas".