Novo Coronavírus

Tecnologia e Ciência Facebook faz campanha para incentivar usuários a se vacinarem

Facebook faz campanha para incentivar usuários a se vacinarem

Serviços de informação e canais de comunicação também estarão disponíveis no Instagram e Whatsapp, disse Mark Zuckerberg

Facebook vai criar ferramenta para usuários agendarem vacinação

Facebook vai criar ferramenta para usuários agendarem vacinação

REUTERS/Dado Ruvic/Ilustração/Foto de arquivo

O criador do Facebook, Mark Zuckerberg, anunciou nesta segunda-feira (15) que a plataforma vai criar ferramentas para incentivar os usuários a se vacinarem contra a covid-19, através de informações sobre agendamento da aplicação do imunizante. Os serviços também estarão disponíveis no Instagram e no Whatsapp.

Em nota na rede social, Zuckerberg disse que “dados mostram que as vacinas são seguras e funcionam” e que está “ansioso para tomar a minha e espero que você também esteja”.
O Facebook já oferece verificação em informações relacionadas a covid-19, mas agora vão ajudar os usuários a encontrarem locais e horários para se vacinarem em suas cidades.

“Primeiro, estamos lançando uma ferramenta que mostra quando e onde você pode ser vacinado e fornece um link para marcar uma consulta. Isso estará no Centro de Informações da Covid, que mostraremos às pessoas diretamente em seu Feed de notícias”, explicou o CEO da empresa. O serviço estará disponível em 71 idiomas e vai expandir a medida que mais países expandirem as campanhas de vacinação.

O Centro de Informações também estará disponível no Instagram e ficará em destaque. O portal reúne informações recentes sobre a pandemia vindas de ministérios da saúde e da Organização Mundial da Saúde. O Instagram também vai disponibilizar stickers para o Stories para os usuários incentivarem seus seguidores a se vacinarem.

Para o Whatsapp, Zuckerberg disse que está trabalhando com autoridades de saúde e governos para expandir chatbots que auxiliam no cadastro e agendamento de vacinas.

“Mais de 3 bilhões de mensagens relacionadas à covid já foram enviadas por governos, organizações sem fins lucrativos e organizações internacionais aos cidadãos por meio de chatbots oficiais do WhatsApp. Desta forma, esta atualização também ajudará no esforço de vacinação”, disse Zuckerberg.

No Brasil, uma linha de apoio no aplicativo de mensagens já está sendo usado como canal de informação e apoio para moradores de Serrana, em São Paulo, onde autoridades estão testando o primeiro projeto de vacinação em massa.

Últimas