Filhotes gêmeos de tigre-de-sumatra nascem nos EUA

Espécie está ameaçada de extinção, e estima-se que entre 400 e 600 desses animais ainda possam ser encontrados na natureza

Segundo o zoológico, há somente entre 400 e 600 tigres da espécie remanescentes na natureza

Segundo o zoológico, há somente entre 400 e 600 tigres da espécie remanescentes na natureza

Reprodução Instagram/Dallas Zoo

O Zoológico de Dallas, nos Estados Unidos, apresentou ao mundo nesta semana, por meio de sua conta no Instagram, dois novos filhotes de tigre-de-sumatra, espécie ameaçada de extinção. Os dois pequenos, um macho e uma fêmea, são gêmeos e ainda não receberam nome.

"Com apenas entre 400 e 600 tigres-de-sumatra remanescentes na natureza, cada nascimento é uma grande vitória para esta espécie criticamente ameaçada de extinção", afirmou o zoológico em nota. "Estamos entusiasmados por poder contribuir para a população mais uma vez com essas adições adoráveis mais recentes."

Segundo o zoológico, os filhotes nasceram pesando pouco mais de 1 quilo e estão crescendo rapidamente, graças à ajuda dos profissionais do local. A mãe dos animaizinhos tinha problemas para produzir leite e, por esse motivo, os gêmeos tiveram que ser alimentados com mamadeira.

Os tigres são filhos de Sukacita, a mãe, e de Kuasa, o pai, os mesmos que conceberam Sumini, outro filhote nascido no zoológico, em 2 de agosto deste ano. Eventualmente, a equipe do zoológico pretende apresentá-los uns aos outros e ajudá-los a existir como uma ninhada.

*Estagiária do R7, sob supervisão de Pablo Marques

Últimas