Tecnologia e Ciência Museus americanos entram na onda do Snapchat para popularizar obras de arte