Novo Coronavírus

Tecnologia e Ciência Golpe promete livros infantis de graça para ajudar na quarentena

Golpe promete livros infantis de graça para ajudar na quarentena

Mensagem que circula pelas redes sociais diz que parceria entre o banco Itaú e a Turma da Mônica vai distribuir combo com 4 historinhas

Turma da Mônica é usada como isca em golpe que circula na internet

Turma da Mônica é usada como isca em golpe que circula na internet

Pixabay

Durante a quarentena, muitas pessoas acabam com mais tempo ocioso do que o normal e, com isso, utilizam mais as redes sociais e aplicativos de conversa.

Sabendo disto, criminosos ampliaram o número de golpes divulgados por estas ferramentas, que prometem diversos itens para ajudar quem está em isolamento a superar este momento com maior tranquilidade.

Desde ovos de páscoa e barris de cerveja até, como é o caso atual, livros infantis. A mensagem, espalhada por diversos grupos, diz que o Banco Itaú e a Turma da Mônica se uniram para distribuir um combo com 4 historinhas, por meio do programa "Leia para uma criança by Turma da Mônica".

Veja também: Período entre 2015 e 2019 foi o mais quente já registrado no planeta

Trata-se de mais um esquema de 'phishing', quando pessoas mal-intencionadas divulgam um link falso para conseguir dados pessoais dos usuários ou forçcar o acesso em páginas repletas de anúncios, que geram lucros para os criadores do golpe.

Como funciona o golpe

Ao clicar no link do golpe, o usuário é incentivado a responder perguntas que servem, unicamente, como fator de distração. Para tornar o golpe mais convincente, estas perguntas são relacionadas ao temas e à distribuição dos brindes em si.

Neste momento, após seduzir a vítima com a promessa do falso brinde, o criminoso a induz a compartilhar a falsa promoção com 10 contatos ou grupos no
WhatsApp e acaba por conceder permissão para receber futuras notificações
com outros golpes.

Leia também: Aplicativo de entregas testa robôs para levar refeições aos clientes

No fim, o real intuito é de roubar dados pessoais e financeiros das vítimas ou levá-las à páginas falsas para visualizar publicidades excessivas, que rendem uma monetização para os criminosos.

O que dizem as empresas

Procurados, tanto o Itaú quanto a Mauricio de Sousa Produções, responsável pela Turma da Mônica, confirmaram que não possuem qualquer ligação com a suposta promoção.

"O Itaú Unibanco informa que não está distribuindo livros físicos da coleção Leia para uma Criança, no momento, e que a notícia que está circulando com link malicioso na internet e em aplicativos de mensagens é falsa. O banco reforça que investe constantemente em campanhas de conscientização e utiliza todas as ferramentas disponíveis em nossos canais de atendimento para orientar clientes a se protegerem de golpes como este, além de disponibilizar um canal no site com dicas para toda a sociedade: www.itau.com.br/seguranca"

Já a Mauricio de Sousa Produções, divulgou a seguinte nota:

"A Mauricio de Sousa Produções não tem nenhuma relação com a postagem fake que circula na internet e aplicativos de mensagens, como WhatsApp, informando sobre um site que estaria fazendo distribuição gratuita de livros e/ou histórias em parceria com o banco Itaú. 

A MSP comunica sempre este tipo de ação e/ou parceria em seus canais oficiais. Alertamos para que não se repasse esse tipo de conteúdo falso adiante. Sempre verifique a autenticidade de notícias e anúncios buscando as fontes oficiais."

Tanto o banco quanto a editora publicaram, em suas respectivas contas no Twitter um esclarecimento sobre o tema:

Últimas