Coronavírus

Tecnologia e Ciência Google vai cobrar vacinação de funcionários nos EUA

Google vai cobrar vacinação de funcionários nos EUA

Empresa anunciou que irá exigir certificado de imunização para liberar acesso aos seus escritórios para trabalho presencial

Acesso à sede do Google na Califórnia e outras sede nos EUA será limitado a vacinados

Acesso à sede do Google na Califórnia e outras sede nos EUA será limitado a vacinados

Paresh Dave / Reuters - Arquivo

O Google anunciou nesta quarta-feira (28) que vai cobrar dos funcionários nos Estados Unidos comprovante de vacinação contra a covid-19 para poderem acessar escritórios da empresa.

Leia também: Profissionais de saúde de Nova York terão de se vacinar

A companhia afirmou que vai expandir a medida para outras regiões nos próximos meses.

A empresa também afirmou que vai ampliar a política de trabalho remoto para até 18 de outubro por causa do recente salto no número de casos de covid-19 em diferentes regiões causado pela variante Delta do vírus.

"Vamos continuar observando os dados com cuidado e vamos avisar com pelo menos 30 dias de antecedência antes de fazermos a transição para nosso retorno pleno aos escritórios", afirmou a companhia.

Últimas