Tecnologia e Ciência Hacker tenta envenenar sistema de tratamento de água na Flórida

Hacker tenta envenenar sistema de tratamento de água na Flórida

Cibercriminoso aumentou a quantidade de soda cáustica da estação, mas a população não chegou a ser afetada pela ação

Hacker aumentou a quantidade de soda cáustica na água

Hacker aumentou a quantidade de soda cáustica na água

Pixabay

Um ataque hacker que aconteceu na Flórida, nos EUA, na última sexta-feira (5), teve como objetivo envenenar o sistema de tratamento de água da cidade de Oldsmar, que possui cerca de 15 mil habitantes e está localizada no condado de Pinellas.

Durante a invasão, o criminoso tentou aumentar a quantidade de hidróxido de sódio, também conhecido como soda cáustica, de 100 ppm (partes por milhão), para 11.000 ppm.

“É alguém que está tentando fazer algo ruim. Isso não é apenas 'oh, estamos colocando um pouco de cloro ou um pouco de flúor, estamos falando sobre soda cáustica”, destacou Bob Gualtieri, xerife do condado de Pinellas durante entrevista coletiva realizada na última segunda-feira (9).

O produto em questão é utilizado em pequenas quantidades para manter a acidez da água em níveis aceitáveis. Contudo, quando usada em níveis muito altos, a soda cáustica pode causar dificuldades respiratórias, inflamação no pulmão, queimação no estômago e até a perda da visão.

Autoridades revelaram que notaram rapidamente a alteração nos níveis de hidróxido de sódio no sistema de água, e logo conseguiram fazer com que tudo voltasse ao normal, sem que houvesse um grande efeito adverso que pudesse colocar a população de Oldsmar em risco.

Leia mais: Sonda enviada pelos Emirados Árabes chega na órbita de Marte

Segundo o xerife Gualtieri, mesmo se ninguém tivesse notado o acesso do hacker, ainda seriam necessárias de 24 a 36 horas para que a água envenenada entrasse em circulação na cidade.

Em um tweet feito na segunda-feira (8), o senador da Flórida Marco Rubio exigiu que o FBI auxiliasse na investigação do ocorrido. “Pedirei ao FBI para que forneça toda a assistência necessária na investigação de uma tentativa de envenenar o abastecimento de água de uma cidade da Flórida. Isso deve ser tratado como uma questão de segurança nacional”, afirmou.

*Estagiário do R7 sob supervisão de Pablo Marques 

Últimas