Ladrão rejeita celular velho durante roubo em Nova York

Caso aconteceu no Central Park, um dos cartões postais da cidade norte-americana

Caso de celular "velho demais para roubar" ganhou atenção de jornal de Nova York
Caso de celular "velho demais para roubar" ganhou atenção de jornal de Nova York Reprodução/New York Post

Um roubo de celular não deveria virar notícia, mas quando um ladrão se recusa a levar um "celular velho demais" a história vale a pena ser contada. O caso aconteceu com o vendedor Kevin Cooke durante um assalto no Central Park, um dos cartões postais de Nova York, nos Estados Unidos. Após usar uma arma para tomar o celular do jovem de 25 anos, o criminoso olhou para o aparelho de flip e o devolveu, com uma cara não muito amistosa. O morador do bairro do Brooklyn afirma que seu smartphone era "como um Windows Phone de umas três gerações anteriores".

Leia mais notícias de Tecnologia

De acordo com reportagem do jornal New York Post, Cook descreve a cena da seguinte forma: "quando ele viu meu celular, fez uma cara do tipo ‘O que raios é isso?’ e me devolveu o telefone". De acordo com a publicação já foram reportados pelo menos 13 roubos em 2014 no famoso parque, que é um dos cartões postais de Nova York.

Para Cooke, o assaltante não levou seu celular porque acreditou que não conseguiria tirar nada ao revender o aparelho. Apesar do susto - o assaltante ameaçou matar o jovem e um amigo que estava com ele - o vendedor não ficou traumatizado com o acontecido. "Achei um tanto engraçado", comentou Cooke, que deve continuar a usar seu velho celular de flip em 2014.