Tecnologia e Ciência MPF pede fechamento imediato de seis museus federais no RJ

MPF pede fechamento imediato de seis museus federais no RJ

Levantamento do Instituto Brasileiro de Museus mostra que prédios não têm alvará do Corpo de Bombeiros

Fechamento museus

Museu Nacional foi destruído pelo fogo

Museu Nacional foi destruído pelo fogo

Reprodução/Agência Brasil/Tânia Rêgo

O MPF (Ministério Público Federal) pediu nesta terça-feira (11) o fechamento imediato de seis museus federais que funcionam no Rio de Janeiro. São eles: Museu da República, Museu Nacional de Belas Artes, Museu Histórico Nacional, Museu Villa-Lobos, Museu da Chácara do Céu e Museu do Açude.

Segundo parecer do MPF, um levantamento do Ibram (Instituto Brasileiro de Museus) mostra que nenhum dos seis museus têm alvará do Corpo de Bombeiros.

O pedido foi feito uma semana depois de um incêndio de grandes proporções atingir o prédio do Museu Nacional, na Quinta da Boa Vista, e destruir parte do acervo que ficava no local.

Na ação, o MPF pede que seja criado um plano de segurança de incêndio e antipânico para cada um dos museus “que garantam a segurança elétrica e hidráulica, a fim de salvaguardar a integridade física de visitantes e funcionários, bem como o patrimônio histórico e cultural integrantes das unidades museológicas”.

Os diretores dos museus interditados devem, segundo a ação, tomar providências para proteger as obras de arte, documentos históricos e demais partes do acervo no local, ou se for preciso, transferindo para um lugar mais seguro.

A União e o Iphan serão responsáveis pelo financiamento do plano de segurança. E ao Ibram, a responsabilidade pela execução do plano de segurança.