Tecnologia e Ciência Perdeu algo pelo transporte no carnaval? Saiba como encontrar

Perdeu algo pelo transporte no carnaval? Saiba como encontrar

Carteiras, mochilas, guarda-chuvas entre outros, são facilmente esquecidos nos meios de transporte durante a folia, mas é possível encontrá-los.

Arquivo/Pixabay

O carnaval é uma época do ano propensa para esquecer ou perder celular, carteira, relógio e, claro, guarda-chuva, mesmo usando pochetes e mochilas para guardar tudo. 

Em levantamento feito pela Socicam, empresa que atua na administração dos terminais rodoviários, e divulgada pela SPTrans, em 2019, foram encontrados mais de 8.700 documentos, entre eles RG, CPF, CNH, Títulos de Eleitor, Carteiras de Trabalho e outros.

Se o objeto foi perdido no transporte público ou em carros de aplicativo, existem grandes chances de conseguir recuperar.

SP Trans

Caso tenha perdido seu objeto pelas linhas de ônibus da cidade de São Paulo, a primeira medida a tomar é entrar em contato com a SPTrans e com os responsáveis pela linha. Todos os contatos estão no site da ouvidoria da SP Trans.

“O passageiro deve procurar qualquer funcionário devidamente identificado ou a administração dos próprios terminais em até cinco dias. Passado esse período, o objeto é encaminhado para a central de Achados e Perdidos no Terminal Sacomã, onde permanece por mais 45 dias à disposição para retirada”, orienta a SPTrans.

Caso o dono do objeto encontrado não entre em contato, o item é doado para instituições ou pessoas em situação vulnerável.

Metrô

O metrô possui uma central de serviços para os achados e perdidos para onde vai tudo o que é encontrado nas linhas 1-Azul, 2-verde, 3-Vermelha e 4-Amarela. O centro para recuperar os itens fica na estação Sé e funciona de segunda a sexta, das 7h às 20h (fechada aos feriados).

Caso não seja possível ir até o local, é possível fazer a busca pelo site do metrô, que disponibiliza os itens, ou por telefone, no número 0800-770-7722. O horário de atendimento é entre 5h30 e 23h30, todos os dias. O período máximo de permanência do objeto é 60 dias. 

Agora, se o objeto foi perdido na Linha 5-Lilás, a concessionária ViaMobilidade orienta ir até a estação Adolfo Pinheiro, na avenida Adolfo Pinheiro, 301, onde fica a central de achados e perdidos. 

Para mais informações sobre os objetos perdidos no metrô entre aqui.

Uber

Pelo celular, abra o menu tocando no ícone superior à esquerda, toque em "Suas Viagens" e selecione a opção que você deixou algo no carro. Em seguida, toque em "Itens perdidos" e abra o item "Entrar em contato com meu motorista sobre um item perdido". O próximo passo é digitar um número de telefone e clicar em enviar.

Se o item perdido foi justamente o celular, é necessário acessar o site uber.com/ajuda e fazer o login na conta. No menu "Problemas com uma viagem específica e reembolsos" clique em "Itens Perdidos", depois em "Entrar em contato com o motorista sobre um objeto perdido" e digite o número de telefone de um amigo.

Assim, será possível falar diretamente com o motorista do carro onde o objeto foi esquecido. Se confirmar que o item foi encontrado, combine um horário e local para recuperá-lo.

Se o motorista não atender, deixe um recado na caixa postal descrevendo o item e informações de contato para que o motorista possa contatá-lo.

Caso após 24 horas o contato ou retorno do objeto não tenha sido acertado com o motorista, será necessário entrar em contato com a própria empresa.

99

Para reportar um objeto perdido, basta entrar em contato com a Central de ajuda, que fica dentro do próprio aplicativo e selecionar a opção “Esqueci um item no carro”. Isso dá a opção de conversar diretamente com o motorista do carro.

Caso o usuário tenha esquecido o celular e não tenha acesso ao aplicativo, será necessário entrar em contato por telefone com a Central de Atendimento da empresa, pelo número 0300 313 2421.

“Para evitar perdas de objetos nos carros, antes do desembarque, uma mensagem de voz automática pede que os passageiros verifiquem se nenhum item foi deixado no veículo. Em seus Termos de Uso, a 99 esclarece que não se responsabiliza por objetos esquecidos”, orienta a empresa.

*Estagiário R7, sob supervisão de Pablo Marques

Veja também:

Confira os itens mais esquecidos nos carros de acordo com a Uber

Últimas