Ciência
Tecnologia e Ciência Polvo muda de cor enquanto dorme e sonha com caça, diz biólogo

Polvo muda de cor enquanto dorme e sonha com caça, diz biólogo

Células cromatóforos mudam temporariamente de tonalidade de acordo com a situação enfrentada pelo animal, inclusive na imaginação

Polvo muda de cor enquanto dorme

Biólogo acredita que polvos sonham e mudam de cor durante o sono

Biólogo acredita que polvos sonham e mudam de cor durante o sono

Reprodução/ YouTube @Nature

O documentário ‘Octopus Making Contact’, produzido pelo canal da tv norte-americana PBS, mostra um filhote de polvo mudando de cor enquanto dormia e, possivelmente, sonhava. 

O polvo Heidi, como é chamado, foi observado pelo o biólogo marinho David Scheel, da Alasca Pacific University. As imagens gravadas mostram o animal dormindo, mas com as mesmas cores de quando está caçando e se alimentando. Scheel acredita que as mudanças de tonalidade da pele durante o sono são causadas por sonhos.

Algumas espécies de animais células que alteram de cor, chamadas de cromatóforos, que podem sintetizar e armazenar pigmentos. Com isso, um polvo, por exemplo, consegue se proteger em situações de perigo ou surpreender uma presa durante a caça.

O biólogo marinho ainda desenvolve a pesquisa para comprovar a tese de que os polvos podem sonhar. O documentário com o experimento no aquário de Heidi será exibido dia 2 de outubro pela PBS.

*Estagiária do R7, sob supervisão de Pablo Marques