Tecnologia e Ciência Prefeitura de São Paulo oferece aplicativo grátis para deficientes

Prefeitura de São Paulo oferece aplicativo grátis para deficientes

eSSENTIAL Accessibility poderá ser baixado no site da prefeitura de São Paulo

Prefeitura de São Paulo oferece aplicativo grátis para deficientes

Prefeitura de São Paulo oferecerá aplicativo gratuitamente

Prefeitura de São Paulo oferecerá aplicativo gratuitamente

Divulgação

Um aplicativo desenvolvido por uma empresa canadense poderá mudar a maneira como deficientes acessam a internet. Uma iniciativa em parceria com a Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida de São Paulo (SMPED) disponibilizará o app gratuitamente para deficientes físicos e visuais.

O eSSENTIAL Accessibility facilita a navegação de pessoas com limitações físicas por sites por meio de um navegador especial. Com recursos especiais para aqueles que não podem ler a tela, ou utilizar o mouse e teclado, o aplicativo permite a utilização do mouse com movimentos do rosto, por exemplo.

O software oferece diversas soluções para beneficiar pessoas com dificuldades de movimentação, deficiência visual moderada, dislexia, iliteracia e outros problemas que dificultam a leitura.

É a primeira vez que o aplicativo é disponibilizado por um órgão governamental. Simon Dermer, um dos presidentes da companhia, explica a importância de uma iniciativa como essa tanto para os usuários, quanto para cidade de São Paulo.

— A parceria da eSSENTIAL Accessibility™ com a SMPED é super importante. O app ajudará as pessoas com deficiência a superarem barreiras para navegarem no site da Prefeitura. Elas poderão pesquisar informações sobre São Paulo e poderão se sentir incluídas no dia-a-dia da cidade.

Conheça aplicativos que guardam suas senhas

A partir de 28 de agosto, o eSSENTIAL Accessibility ficará disponível para download gratuito no site da Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência. Uma vez feito o download, o programa pode ser utilizado em qualquer outro site.

A Câmara de Deputados também aumentou a acessibilidade de deficientes físicos com uma reforma. Confira na matéria do R7: