A importância do líder se desapegar dos pequenos detalhes

Um sinal de maturidade do líder é se desapegar de detalhes e direcionar atenção à visão geral, que trará resultados à organização

Programa Inova 360

Programa Inova 360

Programa Inova 360

Por Millor Machado

Depois de alguns trabalhando com uma grande quantidade de líderes empresariais, venho percebendo um padrão que se repete com frequência: os líderes mais maduros são aqueles que possuem a capacidade de focar na visão geral e delegar grande parte dos detalhes para o time.

Isso não quer dizer de maneira alguma que eu acredite ou defenda que os detalhes não sejam importantes, muito pelo contrário!

A organização como um todo só funciona caso a junção dos detalhes esteja devidamente alinhada para formar a visão geral.

Já ouvi muitas vezes uma empresa ser comparada com uma máquina, com diversas engrenagens que precisam trabalhar em sincronia ou então com um quebra-cabeças em que cada peça precisa estar perfeitamente encaixada na outra.

Porém, recentemente me veio na cabeça uma outra analogia, que acredito que seja mais adequada: na prática, uma empresa funciona como um grande e complexo mosaico.

Quando falamos de engrenagens ou peças de um quebra-cabeças, uma parte está acoplada na outra, fazendo com que você precise de 100% de sincronia das partes para que o todo faça sentido.

Porém, quando pensamos no mosaico, o todo continua sendo composto pelas partes, mas cada parte possui algum grau de liberdade para funcionar de maneira isolada.

Trazendo esse exemplo para a realidade, gostaria de te sugerir um pequeno exercício: imagine que sua área de vendas tenha assinado um contrato com uma política diferente daquela defendida pela área financeira.

Obviamente isso é um erro e precisa ser corrigido. Porém, esse erro isolado dificilmente será capaz de quebrar a organização.

Por um lado, essa ideia traz certo alívio. Afinal, ficamos conscientes de que poucos erros são realmente catastróficos.

Porém, esse alívio não pode se transformar em negligência, já que muitas vezes os erros pequenos não são descobertos. Conforme o tempo passa, eles podem se transformar numa bola de neve que de fato pode causar um grande estrago na organização.

Voltando à analogia do mosaico, é muito importante entendermos que, enquanto líderes, nosso papel é focar na visão geral ao invés de analisar cada item individualmente.

Por mais que seja tentador garantir que cada pequeno detalhe esteja correto, conforme a organização cresce e se torna mais complexa, isso acaba se tornando um desperdício de tempo.

Nessa linha, ter processos de verificação e controlar indicadores chave é algo essencial para te deixar focar na visão geral ao mesmo tempo em que, conforme alguma parte do mosaico começa a ficar distorcida, você possa mergulhar mais a fundo e resolver problemas específicos antes que seja tarde demais.

E você, será que tem tratado sua organização mais como um quebra-cabeças ou como um mosaico?

Se tiver gostado desse conteúdo, recomendo também assinar o canal do GPS de Gestão no Youtube, onde publicamos toda 5a conteúdos sobre liderança e produtividade.

Caso tenha interesse em consumir mais conteúdo sobre esse tema, clique aqui.

Millor Machado assina a coluna Liderança e Produtividade, no Inova360, parceiro do portal R7, e também tem um quadro sobre o tema no programa de TV Inova360, na Record News. É CEO e co-fundador do GPS de Gestão e possui uma extensa experiência como executivo e consultor, auxiliando líderes de diversos setores a atingirem melhores resultados.

LinkedIn: https://www.linkedin.com/in/millormachado/

Site: www.gpsdegestao.com.br