Programa Inova 360 Marrento é avaliada durante o Qualifying no Batalha das Startups

Marrento é avaliada durante o Qualifying no Batalha das Startups

Startup Marrento, de Thiago Almeida, foi a décima primeira a participar do Batalha das Startups, exibido as 23h45 pela Record News

Marrento participou do Batalha das Startups (Foto: Divulgação)

Marrento participou do Batalha das Startups (Foto: Divulgação)

Programa Inova 360

Thiago Almeida, CEO e fundador da Marrento e-sports, também recebeu uma oportunidade dentro do Batalha das Startups, exibido de segunda a sexta no programa Inova 360 da Record News, que vai ao ar às 23h45. Como o décimo primeiro participante da fase Qualifying, exibido na última quarta-feira (04), ele foi avaliado para descobrir se poderá prosseguir na disputa para conseguir até R$ 2 milhões em aceleração.

Ao adentrar no Inova Hub, o empresário, que se descreve como um entusiasta gamer, explicou que busca incluir jovens no mundo dos jogos e capacitá-los para que possam se tornar profissionais, uma vez que ele teve tal oportunidade, mas sabe que grande parte da população não usufrui do mesmo privilégio.

+ Nuvemshop lança campanha de Black Friday com “aulões” grátis

+ Startup de Ribeirão Preto ganha mercado na América Latina

“Hoje a Marrento ajuda, coopera e tem o objetivo de capacitar e desenvolver pessoas, jovens, que não têm acesso a tecnologia e ao cenário de esportes”, explicou Thiago Almeida sobre sua SporTech, tipo de companhia que oferece soluções de tecnologia no ramo esportivo, ao ser questionado pelo mentor especialista Lucas Almeida, da INTZ.

Ao ser enviado para o squad técnico, o empresário foi colocado contra a parede pelos especialistas, já que lhe foi questionado sobre seu negócio ser de fato uma startup. Para Patrícia Roccato, da área fiscal e contábil, mesmo sendo um magnífico projeto de inclusão, a empresa não se enquadra no segmento, por conta das características que possui.

Editor da Forbes analisa empresa no Batalha das Startups

José Vicente, editor-chefe da Forbes, também analisou a Marrento, fundada por Thiago Almeida, durante o episódio da última quarta-feira (04) no Batalha das Startups. Mostrando um olhar voltado para o mercado de investidores, ele expressou quais seriam os pontos positivos e negativos da empresa.

“Um investidor, o mercado, vai olhar para o negócio com a mesma dúvida que a gente está aqui: É escalável? Isso é um bom negócio ou vai oferecer apenas o lastro social da inclusão? A vantagem  é que o empreendedorismo social é um negócio que está sendo muito olhado pelas empresas. E ele ganha com isso, se não for do consumir final vai ser de algum patrocinador ou do poder público”, explicou José Vicente.

Ao fim, Thiago Almeida recebeu a avaliação da jurada Marina Leite sobre a startup Marrento. Atuante no mercado de esportes eletrônicos desde 2016 e CEO de uma organização de eSports, ela foi direta e revelou o que a empresa tinha de forte, mas também pontos a serem melhorados, por terem se mostrados confusos durante a explicação.

O veredito da jurada irá ao ar apenas na sexta-feira, 13 de novembro. Até lá, você pode acompanhar todas as novidades tanto nas redes sociais do reality show quanto nas do programa Inova 360 da Record News.

Youtube

Instagram Inova360

Instagram Batalha das Startups

Website

Últimas