Astronomia

Tecnologia e Ciência Sonda japonesa pousa em asteroide para buscar origem do Sistema Solar

Sonda japonesa pousa em asteroide para buscar origem do Sistema Solar

Hayabusa2 pousou no asteroide Ryugu, que tem 900 metros de diâmetro e está a 340 milhões de quilômetros do planeta Terra

Agência de Exploração Espacial do Japão começou a receber dados sobre a sonda

Agência de Exploração Espacial do Japão começou a receber dados sobre a sonda

JAXA/EPA

A sonda japonesa Hayabusa2 pousou nesta sexta-feira (22) (horário de Tóquio) no asteroide Ryugu, que está a 340 milhões de quilômetros da Terra, para coletar amostras que possam ajudar a desvendar as origens do sistema solar.

Leia também: Colecionador brasiliense doa 2 mil insetos ao Museu Nacional do Rio

A Agência de Exploração Espacial do Japão (JAXA) informou que às 7h49 (19h49 de quinta-feira (21) em Brasília) começou a receber dados sobre a sonda que indicaram o pouso no asteroide.

O processo de aterrissagem começou ontem à tarde, a partir de uma altura de 20 quilômetros, onde a sonda estava desde junho do ano passado. A operação tinha sido programada para outubro, mas sofreu atrasos por precaução.

A sonda foi lançada em dezembro de 2014 no centro espacial de Tanegashima, no sudoeste do Japão, e deve retornar à Terra no final de 2020. Se conseguir trazer as amostras, elas podem fornecer valiosas pistas sobre as origens do sistema solar, segundo a agência aeroespacial japonesa.

O asteroide Ryugu - nome de um palácio mágico submarino do folclore japonês - tem 900 metros de diâmetro e uma forma ligeiramente cúbica. Ele é considerado um dos corpos mais antigos do sistema solar e, portanto, tem potencial para dar informações sobre sua evolução.

A agência japonesa já tinha empreendido uma missão parecida entre 2003 e 2010 para coletar amostras de um tipo diferente de asteroide. O projeto foi concluído com sucesso após sofrer diversos problemas técnicos e atrasos, que incluíram a perda do contato com a aeronave.

Pela primeira vez duas mulheres realizarão uma caminhada espacial

Últimas