Spotify vai pausar propaganda política em 2020

Aplicativo anunciou nesta sexta-feira (27) que vai pausar a veiculação de propaganda política em sua plataforma de streaming de música em 2020

Logo do aplicativo de músicas sueco

Logo do aplicativo de músicas sueco

Pixabay

A Spotify anunciou nesta sexta-feira (27) que vai pausar a veiculação de propaganda política em sua plataforma de streaming de música no início de 2020.

O serviço pago de transmissão de música mais popular da internet, com quase 141 milhões de usuários, afirmou que a interrupção da veiculação vai valer para o Spotify e podcasts exclusivos.

Serviços de redes sociais estão sob intensa pressão para interromperem a publicação de propaganda política que contenha mentiras e dados falsos. O Twitter proibiu anúncios políticos em outubro e o Facebook checa conteúdo de grupos políticos.

"Vamos reavaliar esta decisão enquanto continuamos a desenvolver nossas capacidades", disse um representante da Spotify em comunicado.