Tecnologia e Ciência Twitter suspende 70 mil contas ligadas a conteúdos QAnon

Twitter suspende 70 mil contas ligadas a conteúdos QAnon

Teoria conspiratória vinculada à extrema direita esteve ligada à invasão ao Capitólio dos EUA na semana passada

Resumindo a Notícia

  • Twitter suspende mais de 70 mil contas ligadas a conteúdos QAnon
  • Teoria da conspiração esteve ligada a ataques ao Capitólio dos EUA na semana passada
  • De acordo com a rede social, a remoção das contas está acontecendo desde a sexta-feira passada
  • O Twitter anunciou que as contas serão permanentemente suspensas
Conteúdo QAnon está ligado a invasões que aconteceram ao Congresso dos EUA

Conteúdo QAnon está ligado a invasões que aconteceram ao Congresso dos EUA

Freepik

O Twitter disse que suspendeu mais de 70 mil contas desde sexta-feira (8) principalmente dedicadas ao compartilhamento de conteúdo QAnon, após os atos violentos ocorridos na semana passada em Washington, quando apoiadores do presidente Donald Trump invadiram o Capitólio.

"Dados os eventos violentos em Washington, DC, e o aumento do risco de violência, começamos a suspender permanentemente milhares de contas que eram principalmente dedicadas ao compartilhamento de conteúdo QAnon na tarde de sexta-feira", disse o Twitter em seu blog.

"Essas contas estavam envolvidas no compartilhamento de conteúdo prejudicial não associado ao QAnon em grande escala e eram principalmente dedicadas à propagação dessa teoria da conspiração em toda a plataforma", disse a empresa.

Apoiadores do QAnon promoveram conspirações nas redes sociais que incluem a alegação infundada de que Trump está secretamente lutando contra uma conspiração de predadores sexuais infantis, entre eles democratas proeminentes, figuras de Hollywood e aliados do chamado "deep state".

O Twitter disse sexta-feira que suspenderá permanentemente as contas que divulgam o conteúdo QAnon, proibindo os defensores de suas teorias de conspiração.

Últimas