Astronomia
Tecnologia e Ciência Único eclipse total da Lua em 2019 poderá ser observado do Brasil

Único eclipse total da Lua em 2019 poderá ser observado do Brasil

Alinhamento do Sol, da Terra e da Lua ocorrerá na madrugada de segunda-feira (21) a partir das 1h35

Único eclipse total da Lua de 2019 está próximo

O fenômeno só acontecerá de novo em 2022

O fenômeno só acontecerá de novo em 2022

NASA

Na madrugada do dia 21 de janeiro ocorrerá o único eclipse total da Lua de 2019. O fenômeno ocorre no momento em que a lua é encoberta pela sombra da Terra e deixa de receber a luz do Sol diretamente.

Leia também: Quando uma estrela vira um buraco negro; pela primeira vez, cientistas podem ter flagrado o fenômeno

O eclipse total será registrado a partir das 2h41, segundo dados da Nasa. O início do fenômeno está previsto para começar às 1h35 e irá durar até às 4h51, no horário de Brasília.

O satélite natural da Terra surgirá no céu em tons de vermelho e laranja, a chamada de Lua de Sangue. A mudança de cor é provocada pela refração dos raios do Sol na atmosfera da Terra antes de alcançar a Lua.

Além de vermelha, a Lua também estará maior do que o habitual pois estará localizada no ponto mais próximo da sua órbita ao redor do planeta, chamado de Perigeu.

O alinhamento do Sol, da Terra e da Lua poderá ser visto no Brasil sem auxílio de equipamentos, mas o céu precisará estar com poucas nuvens e sem chuvadas. Quem estiver em outros países da Américas, na África Ocidental e em grande parte da Europa também poderá observar o fenômeno.

O próximo eclipse total da Lua só irá ocorrer novamente em 2022, outros eventos parciais acontecerão antes. O eclipse total do Sol acontecerá no dia 02 de julho deste ano.

Veja também:

Sonda fotografa cratera de 80 km cheia de gelo em Marte

 

*Estagiária do R7, sob supervisão de Pablo Marques