Terceiro hospital de campanha para novo coronavírus é inaugurado na capital

Um novo hospital de campanha para o atendimento de pacientes com o novo coronavírus, a covid-19, começou a funcionar na manhã desta sexta-feira, 1º, no Complexo Esportivo do Ibirapuera, na zona sul da capital. A unidade, terceira deste tipo na capital, tem 268 leitos e é voltada para casos de menor complexidade.

Anunciado no início de abril pela gestão estadual, o hospital de campanha foi aberto às 7 horas e já está recebendo pacientes, mas o número de pessoas atendidas nas primeiras horas de funcionamento ainda não foi divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde. Ao todo, 800 profissionais vão atuar na unidade, que, além de médicos e enfermeiros, contará com assistentes sociais e psicólogos. O investimento para implantação foi de R$ 12 milhões.

Para se comunicar com parentes, os pacientes vão ter acesso à internet e boletins médicos serão apresentados por videochamadas. As pessoas internadas terão acesso a atividades de bem-estar, como leitura e mandalas para colorir.

Na cidade de São Paulo, outras duas unidades já estão em funcionamento desde o mês passado, uma no Estádio do Pacaembu e outra no Complexo do Anhembi. Segundo balanço divulgado nesta quinta-feira, 30, pela Secretaria Municipal de Saúde, dois pacientes morreram entre quarta e quinta-feira no hospital de campanha do Anhembi. As duas unidades já registraram óbitos.

Ainda de acordo com o levantamento, 569 pessoas estão internadas nas duas unidades e 746 pacientes atendidos nos locais já receberam alta.