Notícias Vacinação contra gripe: São Paulo imuniza neste domingo maiores de 80 anos

Vacinação contra gripe: São Paulo imuniza neste domingo maiores de 80 anos

Agência Estado

O Governo do Estado de São Paulo antecipou para este domingo, 27, o início da vacinação contra a gripe para pessoas acima de 80 anos. Anteriormente, a campanha estava prevista para começar no dia 4 de abril, data em que agora será iniciada a vacinação de idosos com mais de 60 anos e de profissionais da saúde.

A vacina disponibilizada pelo Sistema Único de Saúde (SUS) é a trivalente - composta pelos vírus H1N1, a linhagem B (Victoria) e também a cepa Darwin do vírus influenza A (H3N2). Ou seja, os novos imunizantes são adaptados à cepa que causou um surto de casos no Brasil no fim do ano passado.

Confira o calendário do Estado de SP:

- 27 de março: idosos com mais de 80 anos.

- 4 de abril: idosos acima de 60 anos e trabalhadores da saúde.

- 2 de maio: crianças entre 6 meses e 5 anos de idade, gestantes e puérperas.

- 9 de maio: indígenas, quilombolas, professores, pessoas com deficiência e pessoas com comorbidades.

- 16 de maio: forças de segurança, Forças Armadas, funcionários do sistema prisional, caminhoneiros, trabalhadores do transporte coletivo rodoviário, trabalhadores portuários, população privada de liberdade e adolescentes e jovens sob medida socioeducativa.

Na capital paulista, a vacinação contra a gripe para maiores de 80 anos, no domingo, ocorrerá nas mesmas unidades em que as pessoas estão sendo imunizadas contra a covid-19.

- Farmácias parceiras da Avenida Paulista (nos números 2.371 e 266) - das 8h às 16h.

- Nos parques Buenos Aires, Severo Gomes, do Carmo, Villa-Lobos, da Independência, Ceret e da Juventude - das das 8h às 17h.

- A partir de segunda-feira, 28, as UBSs e AMAs/UBSs Integradas, que funcionam das 7h às 19h, também realizam a aplicação do imunizante.

No Brasil

A campanha de vacinação contra a gripe começa em 4 de abril, em todo o País, inicialmente para idosos com mais de 60 anos e trabalhadores da área da saúde. Crianças de seis meses a menores de 5 anos de idade (4 anos, 11 meses e 29 dias) serão imunizadas na segunda etapa. Neste ano, no entanto, o Ministério da Saúde excluiu as crianças de cinco anos dos grupos prioritários. Em 2021, crianças com até 5 anos e onze meses foram vacinadas.

Confira o calendário nacional:

Primeira etapa - entre os dias 4 de abril e 2 de maio:

- Idosos com 60 anos ou mais.

- Trabalhadores da saúde.

Segunda etapa - entre os dias 3 de maio e 3 de junho:

- Crianças de 6 meses a menores de 5 anos de idade (4 anos, 11 meses e 29 dias).

- Gestantes e puérperas.

- Povos indígenas.

- Professores.

- Comorbidades.

- Pessoas com deficiência permanente.

- Forças de segurança e salvamento e Forças Armadas.

- Caminhoneiros e trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso.

- Trabalhadores portuários.

- Funcionários do sistema prisional.

- Adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas.

- População privada de liberdade.

O dia D de mobilização nacional está previsto para o dia 30 de abril. A previsão é que a campanha termine em 3 de junho. A vacinação na rede pública tem por objetivo imunizar os grupos de mais risco que representam cerca de 70% dos óbitos pela doença.

Últimas