Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Brasília
Publicidade

Barroso defende uso de câmeras corporais: ‘Protegem o policial’

Segundo o ministro, ainda existe no Brasil uma cultura de que a violência policial é a melhor forma de combater a criminalidade

Brasília|Do R7, em Brasília

Barroso foi o convidado do JR Entrevista Reprodução / RECORD News - 29.5.2024

Em entrevista exclusiva ao jornalista Clébio Cavagnolle, para o JR Entrevista, nesta quarta-feira (29), o presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), ministro Luís Roberto Barroso defendeu o uso das câmeras corporais pela polícia. “Revelou-se empiricamente, quer dizer, no mundo real, que a utilização de câmeras protege o policial e diminui a letalidade policial”, afirmou.

Leia também

O governo federal publicou no Diário Oficial da União desta quarta-feira a portaria que estabelece as diretrizes sobre o uso de câmeras corporais pelos órgãos de segurança pública de todo o país. O texto determina 16 circunstâncias em que o acionamento dos aparelhos será obrigatório, como no atendimento de ocorrências.

Para Barroso, a polícia não pode estimular a violência e nem o ressentimento das comunidades. “É preciso encontrar um equilíbrio. E acho que as câmeras corporais fazem isso, protegem o bom policial que está atuando quando tem que atuar. Não gosto de minimizar a importância nem o risco da atividade policial num país com o nível de criminalidade do Brasil”, disse.

A gente precisa de uma polícia eficiente, competente, mas que tenha moderação e que respeite os direitos humanos. Respeitar direitos humanos não é ser fraco, não é ser frouxo, é não ir além do necessário

(Ministro Luís Roberto Barroso - Presidente do Supremo Tribunal Federal)

Segundo o ministro, ainda existe no Brasil uma cultura não superada de que a brutalidade policial, a violência policial é a melhor forma de combater a criminalidade. “É preciso coibir isso. Claro que em certos momentos de confronto, isso se torna inevitável, mas não pode ser uma política pública, o confronto bélico”, disse Barroso.

Publicidade

Barroso defendeu o uso do equipamento e disse que os governos estaduais devem adotar a política. “Acho que a implementação de câmeras é muito importante, e confio muito que os governos estaduais, inclusive o de São Paulo, pelo que demonstrou até agora, vão se empenhar pela sua instalação”, disse. “Isso é bom para a segurança pública, e é bom para uma polícia eficiente, capaz de enfrentar o crime como precisa ser enfrentado, sem ir além”, acrescentou.

A entrevista completa vai ao ar nesta quarta-feira (29) às 19h30 na RECORD News. O programa também está disponível no R7, nas redes sociais e no PlayPlus.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.