Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Brasília
Publicidade

Ministério da Saúde abre novo hospital de campanha em Novo Hamburgo para socorrer gaúchos

Esta é a quarta unidade montada para atender à população gaúcha em razão da calamidade pública provocada pelas enchentes

Brasília|Bruna Lima, enviada especial do R7 ao Rio Grande do Sul

É a quarta unidade montada no RS (Ministério da Saúde/Divulgação - 25.5.2024)

O Ministério da Saúde iniciou neste sábado (25) os atendimentos médicos em um novo hospital de campanha montado no Rio Grande do Sul. A nova unidade, localizada na cidade de Novo Hamburgo, se soma a outras três em operação para atender à população gaúcha em razão do estado de calamidade pública provocado pelas enchentes. O atendimento é feito por integrantes da Força Nacional do Sistema Único de Saúde (SUS), formado por profissionais da área que, em muitos casos, se voluntariam para a missão.

LEIA MAIS

O desastre no estado já deixou 165 mortos e 806 feridos, segundo o balanço mais recente da Defesa Civil local, divulgado às 9h deste sábado (25). Outras 64 pessoas estão desaparecidas e 581.638, desalojadas — das quais 55.791 estão em abrigos. As forças de resgate já salvaram 83.593 gaúchos e 12.497 animais. No total, cerca de 2,3 milhões de cidadãos foram afetados pela tragédia, em 469 municípios, 94% do estado.

No hospital de Novo Hamburgo atuarão seis médicos, três enfermeiros e técnicos de enfermagem prestando atendimento 24 horas por dia. O local é uma alternativa para a população que procura as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs).

“É um atendimento para aqueles pacientes com sintomas mais frequentes como febre, dores no corpo, sintomas respiratórios. Há uma equipe de médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem com uma expectativa de 150 a 200 atendimentos por dia”, detalhou o secretário de Atenção Primária à Saúde, Felipe Proenço.

Publicidade

Além de Novo Hamburgo, foram instalados hospitais de campanha em Porto Alegre, Canoas e São Leopoldo.

 Segundo o Ministério da Saúde, desde 5 de maio, da Força Nacional do SUS já atendeu 5,8 mil pessoas no Rio Grande do Sul. Mais de 300 profissionais da saúde já atuaram no atendimento de gaúchos desde o início da missão neste período.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.