Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Brasília
Publicidade

PF coloca tornozeleira em dois investigados por atos do 8/1 em nova fase da Lesa Pátria

Além disso, policiais cumpriram 18 mandados de busca e apreensão em cinco estados; nomes dos alvos não foram divulgados

Brasília|Rafaela Soares, do R7, em Brasília

Operação Lesa Pátria chega a sua 27ª fase (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

A Polícia Federal cumpriu nesta quinta-feira (23) 20 mandados judicias durante a 27ª fase da Operação Lesa Pátria, que visa identificar financiadores e fomentadores dos atos extremistas ocorridos em 8 de janeiro do ano passado. Os policiais realizaram buscas em endereços de cinco estados, além de instalarem tornozeleiras eletrônicas em duas pessoas. Até a última atualização da reportagem, o nome dos alvos não havia sido divulgado.

Veja mais

Segundo a corporação, os investigados podem ser denunciados pelos crimes de abolição violenta do Estado Democrático de Direito, golpe de Estado, dano qualificado, associação criminosa, incitação ao crime, destruição e deterioração ou inutilização de bem especialmente protegido.

A Justiça também autorizou o bloqueio de bens dos alvos. Para a PF, os prejuízos causados nos ataques às sedes dos Poderes podem chegar a R$ 40 milhões. Os mandados desta quinta foram cumpridos nos seguintes estados:

  • Paraná - 7;
  • Goiás - 1;
  • Mato Grosso - 1;
  • São Paulo - 7;
  • Rondônia - 2.

“As investigações continuam em curso, e a Operação Lesa Pátria se torna permanente, com atualizações periódicas acerca do número de mandados judiciais expedidos, pessoas capturadas e foragidas”, explicou a PF.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.