Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Brasília
Publicidade

Voluntários criam site gratuito para localizar desaparecidos no Rio Grande do Sul

Programa criado em três dias permite cadastro de pessoas não localizadas e a visualização das que foram encontradas

Brasília|Iasmim Albuquerque*, do R7, em Brasília


Site também ajuda na localização de animais (Rafa Neddermeyer/Agência Brasil/Rafa Neddermeyer /Agência Brasil)

Um grupo de voluntários criou a plataforma gratuita “Pessoa Perdida” para ajudar nas buscas de pessoas e animais desaparecidos no Rio Grande do Sul. O programa foi desenvolvido em três dias e lançado na segunda semana de maio. O sistema permite o cadastro de pessoas não localizadas e a visualização das que foram encontradas, além da integração com outras plataformas.

Leia mais

O usuário precisa fornecer fotos, nome, idade e outras informações para cadastrar as pessoas desaparecidas. O site para acessar a plataforma é: https://pessoaperdida.com.br/.

A equipe de voluntários, composta por 67 integrantes, planeja futuramente implementar Inteligência Artificial para auxiliar na identificação e comparação das pessoas cadastradas. Com este avanço, o processo de busca pode ter resultados mais eficientes e precisos.

Publicidade
“Queremos ajudar não só na crise atual, mas ser uma ferramenta que pessoas de todo país usem com ou sem crise. E que possamos coexistir e colaborar com soluções de outras iniciativas, civil ou governamentais.”

(Leonardo Schenkel, idealizador do programa)

O número de mortes confirmadas no Rio Grande do Sul subiu para 154 em consequência dos temporais que atingiram o estado desde o fim de abril, de acordo com um boletim divulgado pela Defesa Civil nessa sexta-feira (17). Neste momento, 98 pessoas continuam desaparecidas e há 806 feridos.

*Sob supervisão de Fausto Carneiro

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.