Após ser acusado de estupro, estudante da UFBA é agredido por colegas e ameaçado nas redes sociais

Marcos Antônio prestou queixa 1ª DT (Delegacia Territorial) e estaria recebendo ameaças

Do R7 com Record TV Itapoan

Marcos está no oitavo período do curso e afirma que nunca se relacionou com nenhuma estudante de medicina Reprodução/Record TV Itapoan

Um estudante de medicina da UFBA (Universidade Federal da Bahia) denuncia ter sido agredido por colegas de curso na universidade. Marcos Antônio prestou queixa 1ª DT (Delegacia Territorial), dos Barris, e estaria recebendo ameaças pelas redes sociais.

Marcos Antônio acusa outros estudantes de terem o agredido durante uma festa. O universitário afirma que uma pessoa teria pedido para deixar a instituição porque ele teria supostamente estuprado uma garota.

—  Iniciou com uma pessoa pedindo para eu me retirar da faculdade, durante uma festa, porque eu teria supostamente estuprado uma garota que se encontrava na festa. E desse um se tornou cinco, esses cinco começaram a me puxar e me empurrar pra me tirar de lá, sob acusação de estupro. Esses cinco se tornaram dez e os puxões e empurrões se tornaram socos e pontapés.

Leia mais notícias em R7 BA

Experimente grátis toda a programação da Record no R7 Play

Marcos está no oitavo período do curso e afirma que nunca se relacionou com nenhuma estudante de medicina. Abertamente de direita, ele acredita que a acusação tem motivação política, por disputas internas na Faculdade de Medicina da UFBA.

— Então, se vê pelas características das acusações que faz parte de uma questão ideológica mesmo. 

O estudante está sendo acusado de racismo, homofobia e estupro na internet. O jovem registrou boletim de ocorrência na Polícia Federal e na 1ª delegacia Territorial, fez exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal e comunicou a Delegacia de Crimes Virtuais sobre as ameaças que está recebendo pela internet.

Marcos Antônio espera que o caso seja investigado e os culpados punidos, “pra que eu possa voltar lá de cabeça erguida, com minha honra lavada”.

 

  • Espalhe por aí:

Twitter

X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!