Receita libera consulta ao último lote do IR e 771,8 mil caem na malha fina

Omissão de rendimentos do titular ou seus dependentes é o principal motivo para a retenção

Grana da restituição cai na conta na próxima quarta-feira (15)
Grana da restituição cai na conta na próxima quarta-feira (15) Eldio Suzano/23.10.2016/Fotoarena/Folhapress

A Receita Federal liberou nesta quinta-feira (8) a consulta ao sétimo e último lote de restituição do Imposto de Renda de 2016. Foram contemplados 1.613.183 contribuintes.

Também estão inclusas outras 104.413 restituições dos anos de 2008 a 2015. No total, a Receita fará o pagamento, no dia 15 de dezembro, de R$ 2,5 bilhões.

CLIQUE AQUI E VEJA SE VOCÊ TEM GRANA A RECEBER DO LEÃO

Quem não foi contemplado está automaticamente na malha fina. Segundo a Receita, 771.801 contribuintes estão nessa situação, o que corresponde a 2,61% do total de declarações apresentadas neste ano. A omissão de rendimentos do titular ou seus dependentes é o principal motivo para retenção das declarações.

Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deverá acessar a página da Receita na Internet, ou ligar para 146 no Receitafone. Na consulta à página da Receita, é possível acessar o extrato da declaração e ver se há erros nos dados apresentados.

Leia mais notícias de Economia

Nesta hipótese, o contribuinte pode avaliar as inconsistências e fazer a regularização por meio da entrega de declaração retificadora.

A Receita disponibiliza, ainda, aplicativo para tablets e smartphones que facilita consulta às declarações do IR e situação cadastral no CPF. A restituição ficará disponível no banco durante um ano.

Todos os anos a Receita Federal libera sete lotes regulares de restituição do Imposto de Renda Pessoa Física a partir de junho. O último lote é sempre programado para dezembro. Os valores são corrigidos pela taxa básica de juros (Selic).