Small-house Faça do R7.com sua página inicial

SIM NÃO

Saúde

8/1/2013 às 01h30 (Atualizado em 8/1/2013 às 01h30)

Mãe quase morre após pedaço de unha ou cabelo cair em corrente sanguínea

Complicação conhecida como embolia do líquido amniótico fez com que Angela Cottam precisasse de 22 transfusões de sangue 

Do R7

Angela quase morreu no parto de Amelie e Ava Reprodução/ Daily Mail

Nascidas prematuras e com complicações, a gêmeas Amelie e Ava conseguiram ser sobreviver graças ao oxigênio fornecido na hora do parto. Mas elas não foram as únicas a ter sorte por estarem vivas. Sua mãe, Angela Cottam, quase morreu depois de uma suposta unha ou pedaço de cabelo de uma das bebês ter caído em sua corrente sanguínea durante o parto.

A complicação rara fez com que a britânica de 32 anos sofresse uma hemorragia interna e apresentasse complicação nos pulmões, que pararam de funcionar, segundo o site do jornal "Daily Mail".

A professora primária que vive no País de Gales perdeu quase 3,5 litros de sangue e precisou de 22 transfusões. Além disso, ficou horas em coma.

Angela, que já tinha Olivia,  de 4 anos, foi internada no hospital com pré-eclâmpsia — condição na qual a pressão da gestante aumenta bastante.

Leia mais notícias de Saúde no R7

Os médicos decidiram então que as bebês, hoje com oito meses de idade, deveriam nascer antes que o estado de saúde da mãe piorasse. O trabalho de parto corria normalmente até que ela começou a tossir e ter dificuldades para respirar.

Os médicos perceberam que seus pulmões estavam parando de funcionar e ela estava sofrendo de uma rara complicação, conhecida como embolia do líquido amniótico, que ocorre quando o líquido que envolve os bebês durante a gestação cai na corrente sanguínea da mãe através dos vasos sanguíneos do útero.

Natal antecipado: menina sem as pernas ganha próteses rosas

Assim, um pedaço de unha ou cabelo das bebês que estava no líquido, caiu na corrente sanguínea e foi transportado até os pulmões, provocando uma reação alérgica severa. Na tentativa de salvar as bebês diante do quadro grave, os médicos passaram então para cesariana.

As gêmeas foram salvas a tempo, mas a mãe precisou de transfusões para recuperar o sangue perdido. Apesar disso, ela ficou em coma e acordou 12 horas mais tarde.

Ela pôde segurar as gêmeas um dia depois do nascimento. 

  • Espalhe por aí:

Veja também

Todas as notícias
Compartilhe
Drama

Mulher relata morte do marido aos 39 anos com 400 kg; veja detalhes

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Batalha

Com marido e filho prestes a morrer, mulher luta para sustentar família

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Com medo do ebola

Familiares abandonam corpos de entes queridos nas ruas da Libéria

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Publicidade
Compartilhe
  • Últimas de Saúde

  • Últimas de Notícias

Compartilhe
Dor insuportável

Bactéria que come carne humana quase mata mulher após dar à luz

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Diversão

Super-heróis divertem crianças doentes em hospitais de São Paulo

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus

Guia Mais - Saúde

Farmácia/Drogaria
Hospitais
Consultórios
X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!