Eike Batista é transferido para Bangu

Empresário passou por outra unidade prisional, após desembarcar de voo procedente dos EUA

O empresário Eike Batista deverá permanecer em uma das cadeias do Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu. Mais cedo, ele passou pelo presídio Ary Franco — onde todos presos federais dão entrada no sitema carcerário. De lá, o ex-bilionário saiu de cabelo raspado e foi de viatura até o local onde deverá permanecer. 

Como não tem curso superior, Eike ficará detido em Bangu 9. Se tivesse curso superior, ele seria acomodado em Bangu 8, onde está o ex-governador do Rio Sérgio Cabral. As autoridades ainda não revelaram se o empresário irá dividir cela.

Eike também já passou por exames no IML (Instituto Médico Legal). Ele foi preso nesta manhã, após desembarcar de um voo que chegava de Nova York, onde estava quando foi expedido o mandado de prisão, na quinta-feira (26).

Fotos mostram que o empresário desembarcou carregando apenas uma pequena mala e um travesseiro, que continuou com ele até a ida para Bangu. Ao sair da penitenciária Ary Franco, ele aparece vestindo o que já parece ser um uniforme penitenciário. 

A investigação em que Eike é citado apura esquema usado por Cabral e outros investigados para ocultar mais de US$ 100 milhões remetidos ao exterior. O executivo é acusado de pagar US$ 16,5 milhões em propina a Cabral no exerior.