Brasil Na Bélgica, imigrantes que vivem nas ruas são socorridos por voluntários

Na Bélgica, imigrantes que vivem nas ruas são socorridos por voluntários

Pandemia aumentou a vulnerabilidade de pessoas que fogem de guerras, perseguição religiosa ou étnica e da miséria

  • Brasil | Do R7

Programa social Anges delà Nuit (Anjos da Noite) ajuda refugiados e imigrantes ilegais

Programa social Anges delà Nuit (Anjos da Noite) ajuda refugiados e imigrantes ilegais

Divulgação

Toda terça-feira, voluntários do programa social “Anges delà Nuit” (Anjos da Noite, em francês) saem às ruas de cidades da Bélgica para levar alimento, roupas e cobertores para a população em situação de rua, formada, em sua maioria, por imigrantes ilegais e refugiados.

Segundo a Organização das Nações Unidas (ONU), a pandemia da covid-19 reduziu o número de migrações em 30% em todo o mundo. Por outro lado, a crise aumentou a vulnerabilidade das pessoas que fogem de países em guerra, de perseguições religiosas ou étnicas, ou mesmo da miséria. Estimativas da Comissão Europeia de integração e asilo apontam que há mais de 150 mil imigrantes em situação irregular na Bélgica.

Além da alimentação e do agasalho, os “Anges delà Nuit” também oferecem apoio social às pessoas em situação de rua de Bruxelas, Ghent, Antuérpia, Liège, Aalst, Charleroi e de outras cidades belgas.

William da Silva, responsável pelo o programa social no país, explica que os imigrantes  chegam à Bélgica em busca de trabalho, mas como não encontram, ficam desabrigados.

Programa de ajuda da Universal está presente em 44 países

Programa de ajuda da Universal está presente em 44 países

Divulgação

"Depois de passar dias e até meses viajando, chegam à Europa sem falar o idioma local, esperando encontrar uma porta aberta. Alguns permanecem dias pelas ruas, aguardando para dar entrada no país como refugiado”, relata.

Um desses imigrantes é Edos, que saiu de Gana em busca de uma vida melhor. “Por falta de trabalho, estou há 8 meses morando na rua. Tenho sobrevivido de doações. Agradeço pela ajuda que recebi”.

O programa social “Anges delà Nuit” é o braço belga dos “Anjos da Madrugada”, mantido pela Igreja Universal do Reino de Deus em 44 países. Apenas em 2020, foram beneficiadas 1,2 milhão de pessoas em todo o mundo.

Durante a noite, voluntários circulam em pontos de concentração de moradores de rua para levar alimento, roupas e cobertores às pessoas nessa situação. São realizados, também, atendimentos jurídicos e de saúde.

Últimas