Brasil Não podemos mais perder tantas vidas no trânsito, diz ministro da Justiça

Não podemos mais perder tantas vidas no trânsito, diz ministro da Justiça

Governo lançou operação integrada para diminuir número de acidentes

  • Brasil | Marina Marquez, do R7, em Brasília

José Eduardo Cardozo lança programa pela redução de acidentes no trânsito

José Eduardo Cardozo lança programa pela redução de acidentes no trânsito

José Cruz/ 5.12.12/Agência Brasil

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, disse nesta quinta-feira (13) que é inaceitável que a imprudência e irresponsabilidade de motoristas continuem tirando vidas. Cardozo participou do lançamento da Operação Integrada Parada-Rodovia para intensificar a fiscalização e reduzir o número de acidentes de trânsito nos feriados de Natal, Ano Novo e Carnaval. 

— Precisamos fazer com que as pessoas percebam o risco que correm e o risco que criam ao não respeitar as regras. Não é possível mais perdermos tantas vidas e destruirmos tantas famílias com gestos de irresponsabilidade.

Cardozo fez um apelo para que autoridades e a sociedade se unam para reduzir acidentes no fim deste ano e início de 2013. Dezembro, janeiro e fevereiro são meses que registram os maiores índices de ocorrências.

Leia mais notícias de Brasil no Portal R7

Em 2010, entre janeiro e novembro, a média mensal de acidentes que envolviam motoristas embriagados foi de 557. Em dezembro do mesmo ano, houve um aumento de 21,9% no número de acidentes, atingindo 679 ocorrências. 

Operação Integrada

O governo federal lançou nesta quinta-feira (13) a Operação Integrada Parada-Rodovia 2012/2013 para reduzir o número de acidentes nos feriados de fim de ano e Carnaval. A operação faz parte do Parada - Um pacto pela Vida, plano lançado este ano em resposta ao acordo brasileiro com a ONU (Organização das Nações Unidas) de reduzir em 50% o número de mortes no trânsito até 2020.

O plano será focado na redução da velocidade e imprudência no trânsito. Agentes de trânsito vão intensificar a fiscalização no período de 15 de dezembro de 2012 a 13 de fevereiro de 2013. 

A fiscalização da Lei Seca será reforçada e um milhão de bafômetros educativos foram entregues à AND (Associação Nacional dos Detrans) para serem distribuídos em todo o Brasil. 

As campanhas educativas terão o slogan "Já é hora de abandonar esta tradição de fim de ano", em referência ao período em que são registrados a maioria dos acidentes de trânsito relacionados à mistura de álcool e direção.

No último ano, entre dezembro de 2011 e março de 2012, quando o governo fez a primeira Operação Rodovia, os números de acidentes, feridos e mortos foram reduzidos. Foram registrados 616 acidentes por milhão de veículos da frota nacional, com 358 feridos e 28 mortos. 

No mesmo período em 2010/2011 foram 722 acidentes por milhão de veículos da frota nacional, com 422 feridos e 33 mortes. 

Blitzes

Para aumentar a eficácia das blitzes, a PRF (Polícia Rodoviária Federal) selecionou aproximadamente 100 pontos críticos em rodovias federais, estaduais e municipais. Estes pontos mapeados têm dez quilômetros cada e correspondem a 1,4% da malha federal. No entanto, são responsáveis por 27,6% dos acidentes e 11% das mortes registrados entre janeiro e setembro deste ano.

Últimas