Brasil Temer cancela indicação de Davidson Tolentino para ANS

Temer cancela indicação de Davidson Tolentino para ANS

Publicação no diário oficial indica a desistência da presidência para indicar Tolentino ao cargo, conforme havia feito em abril

Michel Temer voltou atrás na indicação

Michel Temer voltou atrás na indicação

Fotos públicas/Cesar Itiberê

O presidente Michel Temer pediu ao Senado Federal para retirar de tramitação a mensagem que indicou Davidson Tolentino de Almeida para exercer o cargo de diretor da ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar), vinculada ao Ministério da Saúde. A informação consta de mensagem publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta sexta-feira (3).

Temer havia submetido a indicação de Davidson Tolentino à apreciação dos senadores em abril. A publicação de Diário Oficial não explica por que o Planalto desistiu de Tolentino para o cargo.

No entanto, conforme a Coluna do Estadão informa na edição desta sexta-feira, Tolentino é ligado ao PP e foi ele mesmo que pediu para ser substituído. O presidente da sigla, Ciro Nogueira, disse à Coluna que vai apresentar outro nome ao governo.

Atualmente, Davidson Tolentino é diretor do Departamento de Logística em Saúde da Secretaria Executiva do Ministério da Saúde, pasta comandada pelo PP.

    Access log