Brasil Treze mulheres são assassinadas por dia no Brasil; crescimento foi de 21% em uma década

Treze mulheres são assassinadas por dia no Brasil; crescimento foi de 21% em uma década

Número total de mortes passou de 3.937 para 4.762 vítimas entre 2003 e 2013

  • Brasil | Alexandre Saconi, do R7

Violência contra as mulheres registra alta no Brasil

Violência contra as mulheres registra alta no Brasil

Getty Images

O número de homicídios cometidos contra as mulheres registrou uma forte alta em dez anos. Entre 2003 e 2013, o número de vítimas do sexo feminino passou de 3.937 para 4.762, um aumento de 21,0% na década. Os dados são do Mapa da Violência 2015 — Homicídios de Mulheres no Brasil.

Leia mais notícias de Brasil no Portal R7

R7 Play: assista à Record onde e quando quiser

Ao levar em conta o crescimento da população feminina no período, passando de 89,8 para 99,8 milhões (crescimento de 11,1%), a taxa nacional de homicídio a cada 100 mil habitantes, que era de 4,4 homicídios por 100 mil mulheres em 2003, passa para 4,8 em 2013, uma alta de crescimento de 8,8%.

Morte de mulheres por violência doméstica seria 10% maior sem Lei Maria da Penha, segundo Ipea

Esta edição do estudo foca a violência de gênero e revela que, no Brasil, 55,3% dos homicídios contra as mulheres foram cometidos no ambiente doméstico e que 33,2% dos homicidas eram parceiros ou ex-parceiros das vítimas, com base em dados de 2013 do Ministério da Saúde. O país tem uma taxa de 4,8 homicídios por cada 100 mil mulheres, a quinta maior do mundo, conforme dados da OMS que avaliaram um grupo de 83 países.

Últimas