Campinense enfrenta o Central-PE em Caruaru

Entre a alegria por ter conquistado o Campeonato Paraibano de 2021 e a decepção pela derrota no jogo passado, o Campinense volta a entrar em campo, neste domingo (27). O time Raposa tenta a reabilitação na Série D do Campeonato Brasileiro, enfrentando o Central-PE, às 15h, no Lacerdão, em Caruaru-PE. No fim da semana passada, […]

Portal Correio
Portal Correio

Portal Correio

Portal Correio
Foto: Divulgação/Campinense

Entre a alegria por ter conquistado o Campeonato Paraibano de 2021 e a decepção pela derrota no jogo passado, o Campinense volta a entrar em campo, neste domingo (27). O time Raposa tenta a reabilitação na Série D do Campeonato Brasileiro, enfrentando o Central-PE, às 15h, no Lacerdão, em Caruaru-PE.

No fim da semana passada, os torcedores, diretoria, comissão técnica e jogadores do Campinense comemoraram a conquista do título estadual, com o empate com o Sousa em 0 a 0. Mas no meio de semana, os dois times voltaram a se enfrentar e o Sousa venceu por 3 a 2, pela Série D.

Agora, o time rubro-negro busca a reabilitação contra o Central, mais uma vez atuando fora de casa. Esse será o terceiro jogo da Raposa como visitante na competição brasileira. Além da derrota para o Sousa, no Sertão paraibano, o Campinense tinha empatado com o Caucaia-CE, em 3 a 3, na estreia.

Com quatro pontos, o Campinense acumula uma vitória, um empate e uma derrota, com dois gols de saldo. O time rubro-negro marcou oito gols e tomou seis, ocupando a terceira colocação na classificação geral do Grupo A3. O ABC-RN lidera com nove pontos e o Sousa-PB tem seis.

O Central-PE também soma quatro pontos, depois de uma vitória, um empate e uma derrota, sem saldo de gols, pois marcou cinco e tomou cinco. O time pernambucano é o quinto colocado no grupo e vem de um empate de 2 a 2, com o Treze, jogo disputado no estádio Amigão, em João Pessoa.

O árbitro Paulo José Souza Mourão, da Federação Maranhense de Futebol, comanda o jogo entre Central e Campinense. Os assistentes são Humberto Martins Dias e José Romão da Silva Neto. O reserva é José Woshington da Silva. Todos são de Pernambuco.

Últimas