Diário Digital Acampados, comerciantes mantêm protesto em frente à prefeitura

Acampados, comerciantes mantêm protesto em frente à prefeitura

Um grupo de comerciantes mantêm acampamento no canteiro da Avenida Afonso Pena, em frente à prefeitura de Campo Grande (MS), desde domingo passado, 21 de Março. O ato é um protesto contra as medidas restritivas que fecharam estabelecimentos considerados não essenciais como forma de frear o avanço da Covid-19. Um dos participantes, Rodrigo Lins, contou […] O post Acampados, comerciantes mantêm protesto em frente à prefeitura apareceu primeiro em Diário Digital.

Um grupo de comerciantes mantêm acampamento no canteiro da Avenida Afonso Pena, em frente à prefeitura de Campo Grande (MS), desde domingo passado, 21 de Março.

O ato é um protesto contra as medidas restritivas que fecharam estabelecimentos considerados não essenciais como forma de frear o avanço da Covid-19.

Um dos participantes, Rodrigo Lins, contou ao Diário Digital que os manifestantes se revezam no local, inclusive à noite, quando alguns deles dormem nas barracas.

Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
(Fotos: Marco Miatelo)

“Somos contra o lockdown. Queremos uma quarentena vertical, com todos os estabelecimentos funcionando, mas com normas de segurança”, defende o comerciante.

Os manifestantes protestam também contra os 29 vereadores de Campo Grande que, na semana passada, votaram por unanimidade a favor das medidas restritivas propostas pela prefeitura.

“Colocamos aqui 29 cruzes, cada uma delas simboliza um vereador. Eles votaram contra o comércio e estão matando os estabelecimentos.”

Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
(Fotos: Marco Miatelo)

Novo alvo - Contudo, os comerciantes já estão prestes a levantar o acampamento em frente à prefeitura em breve.  Isso porque as medidas restritivas impostas pela prefeitura da Capital terminam no domingo próximo, dia 28.

Daí em diante, estarão em vigor as normas implementadas pelo governo do Estado, que também restringiu o comércio.

Apenas 45 serviços essenciais poderão funcionar até 4 de Abril, conforme o último decreto publicado.

O futuro do protesto será definido neste fim de semana. As próximas manifestações devem mirar o Executivo estadual.

Centro da Capital – O comércio esteve fechado por quatro dias, de segunda a quinta-feira, que foram feriados antecipados em Campo Grande. A sexta-feira é um dia útil, porém, com o novo decreto estadual somente serviços essenciais podem funcionar.

Assim, lojas de roupas, papelarias, perfumarias, lojas de acessórios e outros itens continuam fechadas. Também está em vigor o toque de recolher ditado pelo governo estadual que é das 20h às 5h.

Nos fins de semana, o toque de recolher está ainda maior, das 16h às 5h.

O post Acampados, comerciantes mantêm protesto em frente à prefeitura apareceu primeiro em Diário Digital.

Últimas