Diário Digital Acusado de esfaquear mulher, disse que matou para se defender

Acusado de esfaquear mulher, disse que matou para se defender

Reginaldo Gomes de Souza de 41 anos de idade, foi preso por matar Joyce Gomes de Souza a facadas em Corumbá (MS). Ele disse a polícia que matou a vítima para se defender porque segundo ele, a mulher de 37 anos, teria 'partido para cima' dele. Porém, de acordo com as investigações, a versão apresentada […] O post Acusado de esfaquear mulher, disse que matou para se defender apareceu primeiro em Diário Digital.

Reginaldo Gomes de Souza de 41 anos de idade, foi preso por matar Joyce Gomes de Souza a facadas em Corumbá (MS). Ele disse a polícia que matou a vítima para se defender porque segundo ele, a mulher de 37 anos, teria 'partido para cima' dele. Porém, de acordo com as investigações, a versão apresentada por ele, é inconsistente.

“Ele assumiu ser o autor dos golpes que vitimaram a Joyce, mas ele alegou que se defendeu e que ela foi quem partiu para cima dele. Porém, tudo indica que essa versão seja inconsistente e frágil", explica o delegado Willian Rodrigues de Oliveira Júnior, responsável pelo caso.

Conforme o delegado, Reginaldo afirmou que não conhecia da vítima e teria encontrado com ela pela primeira vez no sábado (12). Peritos apontam que a análise na casa apontam que antes de morrer, a mulher lutou com o suspeito dentro da casa onde foi encontrada morta seminua.

A vítima tinha marcas na região do pescoço, costas e próximo aos ombros e, de acordo com informações preliminares, foi atingida por pelo menos cinco facadas.

O caso — O crime aconteceu por volta de 0h10, em condomínio de apartamentos no Bairro Guatós, em Corumbá. O porteiro do conjunto habitacional acionou equipe após escutar gritos, em seguida, viu o suspeito sair correndo com as roupas sujas de sangue.

O post Acusado de esfaquear mulher, disse que matou para se defender apareceu primeiro em Diário Digital.

Últimas