Diário Digital Após instabilidade, setor industrial retoma as atividades em MS

Após instabilidade, setor industrial retoma as atividades em MS

Com a chegada da pandemia em 2020, causada pelo vírus da Covid-19, vários setores da economia foram pegos de surpresa, principalmente o setor industrial. Em Mato Grosso do Sul, a Federação da Industria de Mato Grosso do Sul (FIEMS), disponibilizou uma pesquisa sobre o Índice Geral de Desempenho Industrial ( IGDI) do Estado, na qual […] O post Após instabilidade, setor industrial retoma as atividades em MS apareceu primeiro em Diário Digital.

Com a chegada da pandemia em 2020, causada pelo vírus da Covid-19, vários setores da economia foram pegos de surpresa, principalmente o setor industrial.

Em Mato Grosso do Sul, a Federação da Industria de Mato Grosso do Sul (FIEMS), disponibilizou uma pesquisa sobre o Índice Geral de Desempenho Industrial ( IGDI) do Estado, na qual mostra o cálculo, com base nos levantamentos de Confiança e Sondagem Industrial, alcançados em abril, que totalizou 55,1 pontos.

Segundo a Federação, esse foi o melhor resultado já registrado para o mês, com crescimento de 16,6 pontos sobre abril de 2020 e de 7,9 pontos sobre a média histórica obtida para o mês.


O coordenador da Unidade de Economia, Estudos e Pesquisa da FIEMS, Ezequiel Resende, participou do programa Noticidade Primeira Edição, nesta sexta-feira (12), e afirmou que a produção industrial de Mato Grosso do Sul alcançou em abril de 2021 o melhor resultado já registrado para o mês em toda a série histórica iniciada em 2010.


Ainda de acordo com Ezequiel Resende o setor industrial passou um ano e oito meses de pandemia, na instabilidade. " Mato Grosso do Sul é um Estado competitivo, e soube se adaptar durante a crise. Nossa perspectiva é manter o crescimento. Novas industrias estão se instalando no Estado, assim demanda muita mão de obra, gerando emprego de médio e longo prazo. Um passo fundamental para as empresas crescerem cada vez mais", ressaltou.


Em 2021, a indústria de Mato Grosso do Sul já gerou 8500 novos empregos. É um sinal da retomada. Resende falou, ainda, sobre as exportações de produtos industrializados de Mato Grosso do Sul que alcançaram, em agosto, a receita de US$ 443,4 milhões, indicando crescimento de 32% em relação ao mesmo mês de 2020, quando o valor ficou em US$ 335,2 milhões. "Esse é o melhor resultado já registrado em um único mês durante toda a série histórica da exportação de produtos industriais do Estado", acrescentou Ezequiel Resende .

O post Após instabilidade, setor industrial retoma as atividades em MS apareceu primeiro em Diário Digital.

Últimas