Diário Digital Consumo das famílias tem ligeira reação em agosto

Consumo das famílias tem ligeira reação em agosto

A pesquisa de Intenção de Consumo das Famílias (ICF) de Campo Grande apresentou reação no mês de agosto em relação ao mês de junho, conforme pesquisa da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). Está em 82,1 frente a 80,6 apresentado no mês anterior. “As famílias ainda estão cautelosas com os gastos, […] O post Consumo das famílias tem ligeira reação em agosto apareceu primeiro em Diário Digital.

A pesquisa de Intenção de Consumo das Famílias (ICF) de Campo Grande apresentou reação no mês de agosto em relação ao mês de junho, conforme pesquisa da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). Está em 82,1 frente a 80,6 apresentado no mês anterior.

“As famílias ainda estão cautelosas com os gastos, apesar de alguns indicadores verificados na própria pesquisa, apontarem uma reação positiva”, explica a economista do IPF MS, Daniela Dias. “Questões como capacidade de consumo a curto e médio prazo, segurança no emprego ainda estão sendo levados em conta no cenário de pandemia que estamos vivendo, com a incerteza de quanto tempo vai durar”.

Entre os indicadores positivos estão a segurança no emprego (33,1% ) e a perspectiva profissional (50,2%). No entanto, as famílias ainda acreditam que a renda atual (55,9%) e o acesso ao crédito (54,3%) estão iguais aos do ano passado; enquanto que o nível de consumo está abaixo do praticado em 2019 (56,5%).

O post Consumo das famílias tem ligeira reação em agosto apareceu primeiro em Diário Digital.

Últimas