Estudo indica custo de produção de milho em MS

Dados divulgados pela Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso do Sul indicam que na primeira semana de abril, o custo de produção para cada hectare plantado, o agricultor sul-mato-grossense investiu cerca de R$ 3.311,34. De acordo com a associação, o  cálculo considerou uma produtividade média de 85 sacas por hectare e […] O post Estudo indica custo de produção de milho em MS apareceu primeiro em Diário Digital.

Dados divulgados pela Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso do Sul indicam que na primeira semana de abril, o custo de produção para cada hectare plantado, o agricultor sul-mato-grossense investiu cerca de R$ 3.311,34.

De acordo com a associação, o  cálculo considerou uma produtividade média de 85 sacas por hectare e um preço médio de R$ 44,20 por saca de 60 quilos de milho.

Conforme o presidente da associação, André Dobashi, a metodologia do estudo levou em consideração a diferença entre custos fixos e custos variáveis e, segundo ele, os principais fatores que pesam no bolso do produtor são considerados variáveis, correspondendo a 91,51% do custo total.

Segundo André Dobashi, sementes transgênicas, fertilizantes, fungicidas, herbicidas e inseticidas, entram no grupo de custo variável, pois apresentam variabilidade ampla de preço ao longo do ano. Dobashi ainda ressaltou que dentro deste grupo, os insumos são os que mais colaboram para formação do custo, representando 67,16% do custo variável e 61,46% do custo total. “O objetivo do estudo foi identificar todas as variáveis que compõem o custo de produção e como podem ser calculadas individualmente por cada propriedade rural. Ele também oportuniza gargalos na própria produção, garantindo equilíbrio econômico da porteira para dentro”, disse.

O post Estudo indica custo de produção de milho em MS apareceu primeiro em Diário Digital.

Últimas