Morre idoso acusado de matar esposa incendiada

Idoso acusado de incendiar a casa com a esposa dentro morreu na Santa Casa de Campo Grande. Vicente Mendes Campos, de 76 anos, estava internado desde o dia da ocorrência, em 30 de novembro. A esposa dele, Dulci da Silva Martinelle, de 80 anos, morreu durante o incêndio. Ele ateou fogo no imóvel que fica […] O post Morre idoso acusado de matar esposa incendiada apareceu primeiro em Diário Digital.

Idoso acusado de incendiar a casa com a esposa dentro morreu na Santa Casa de Campo Grande. Vicente Mendes Campos, de 76 anos, estava internado desde o dia da ocorrência, em 30 de novembro. A esposa dele, Dulci da Silva Martinelle, de 80 anos, morreu durante o incêndio. Ele ateou fogo no imóvel que fica no bairro Tarsila do Amaral.

O acusado estava internado no hospital sob escolta policial. Durante o incêndio ele inalou muita fumaça. Ele morreu neste domingo (17) por volta das 2 da madrugada na Santa Casa.

A esposa dele já vinha sofrendo ameaças por ciúmes doentio do marido, segundo relato dos filhos. Ele era o segundo marido da vítima. De acordo com os filhos, ele maltratava a esposa e a isolava do convívio com outras pessoas. Ela não chegou a ser impedida de falar com os filhos por 3 anos e também com outros familiares.

Uma vizinha do casal disse no dia do crime, que antes de incendiar a casa, o homem teria avisado aos vizinhos que estava doando os móveis da residência e que iria passar seis meses em São Gabriel do Oeste. Ainda teria dito que Dulci já estava em São Gabriel.

Crime - O fogo começou por volta da 1h45 da madrugada do dia 30 de novembro, quando ele incendiou a edícula onde moravam. Vizinhos que viram o incêndio acionaram o Corpo de Bombeiros e tentaram ajudar a idosa, que foi encontrada no quarto próximo ao guarda-roupa já sem vida.

O post Morre idoso acusado de matar esposa incendiada apareceu primeiro em Diário Digital.

Últimas