Diário Digital Para limpar área, fazendeiro derruba árvores, incendeia vegetação e acaba multado

Para limpar área, fazendeiro derruba árvores, incendeia vegetação e acaba multado

Policiais militares ambientais multaram em R$ 70 mil o dono de uma fazenda que, para limpar uma área, derrubou árvores e incendiou a vegetação.  O caso aconteceu em uma propriedade rural localizada a 65 km do Centro de Bela Vista (MS). Vale mencionar que a queima controlada, tanto novas, como para quem possuía autorização está […] O post Para limpar área, fazendeiro derruba árvores, incendeia vegetação e acaba multado apareceu primeiro em Diário Digital.

Policiais militares ambientais multaram em R$ 70 mil o dono de uma fazenda que, para limpar uma área, derrubou árvores e incendiou a vegetação.  O caso aconteceu em uma propriedade rural localizada a 65 km do Centro de Bela Vista (MS).

Vale mencionar que a queima controlada, tanto novas, como para quem possuía autorização está proibida em Mato Grosso do Sul.

Conforme a PMA, na quinta-feira, 15, a equipe localizou a propriedade rural onde houve o incêndio. Havia muitos arbustos e vegetação caída, em uma área de 67 hectares, bem como o corte de 10 árvores ilegalmente.

Havia ainda o material incendiado e seco sem a autorização ambiental. As viaturas da PMA estão andando com materiais de contenção de incêndios e os Policiais utilizaram bombas costais e abafadores de debelaram o fogo.

O infrator (48), residente em Jardim, foi autuado administrativamente e foi multado em R$ 70.000,00 pela infração ambiental cometida.

Ele também poderá responder por crime ambiental de funcionar atividade potencialmente poluidora sem autorização ambiental e pela derrubada das árvores, com pena de seis meses a um ano de detenção.

Proibição e desobediências - Depois da antecipação da proibição da queima controlada, inclusive, para quem possuía licença e não havia realizado a queima, a PMA percebeu que aparentemente algumas pessoas correram para realizar suas limpezas com o uso do fogo.

Talvez, porque à exceção do ano passado (2020), em que houve uma antecipação do Governo Federal e do Estado, se conseguia licença em Mato Grosso do Sul até o dia 31 de julho.

De qualquer forma, o Comando da Polícia Militar Ambiental determinou que os Policiais das 26 Subunidades no Estado, que trabalham na Operação Prolepse de prevenção aos incêndios, que realizam informações e distribuição de folhetos informativos nas propriedades rurais, dessem uma atenção especial para coibir, principalmente pessoas que se atrasaram em fazer sua queima licenciada, queiram realizá-la depois da proibição, bem como evitar também novos incêndios. Várias pessoas têm sido autuadas depois da proibição.

O post Para limpar área, fazendeiro derruba árvores, incendeia vegetação e acaba multado apareceu primeiro em Diário Digital.

Últimas