Diário Digital PMA monitora cardumes de pintado, piraputanga e curimbatá que estão subindo o Rio Dourados

PMA monitora cardumes de pintado, piraputanga e curimbatá que estão subindo o Rio Dourados

Três grandes cardumes, um deles de pintado, outro de piraputanga e outro de curimbatá que estão subindo o rio Dourados, vêm sendo vigiados diuturnamente por Policiais Militares Ambientais de Dourados. O monitoramento foi intensificado quando eles subiam pela região da ponte na cidade de Fátima do Sul e foram atrativos para várias pessoas que filmavam […] O post PMA monitora cardumes de pintado, piraputanga e curimbatá que estão subindo o Rio Dourados apareceu primeiro em Diário Digital.

Três grandes cardumes, um deles de pintado, outro de piraputanga e outro de curimbatá que estão subindo o rio Dourados, vêm sendo vigiados diuturnamente por Policiais Militares Ambientais de Dourados. O monitoramento foi intensificado quando eles subiam pela região da ponte na cidade de Fátima do Sul e foram atrativos para várias pessoas que filmavam os peixes no local.

Esse tipo de vigilância é extremamente efetivo, pois esses grandes cardumes ficam vulneráveis, pois podem-se pegar peixes com as mãos. Pescadores com petrechos do tipo redes possam ter acesso a cardumes desse tipo em rios do Estado. Mais vulnerável ainda se estiverem em cachoeiras e corredeiras.

Por isso, dentre as estratégias de fiscalização, a PMA prioriza a montagem de Postos Avançados fixos, nas principais cachoeiras e corredeiras nos rios do Estado e da União, bem como monitoramento e vigilância dos cardumes. Esses locais são pontos cruciais para a fiscalização, pois, quando os cardumes ali chegam, precisam que a água atinja uma vazão que lhes permita continuar a subida e, consequentemente, ficam muito vulneráveis, tornando-se presas fáceis para pescadores inescrupulosos, que retirariam facilmente grandes quantidades de peixes, principalmente, fazendo uso de petrechos proibidos de malha (redes e tarrafas).

Veja o vídeo dos cardumes:

O post PMA monitora cardumes de pintado, piraputanga e curimbatá que estão subindo o Rio Dourados apareceu primeiro em Diário Digital.

Últimas